Música: Clarice Falcão lança single “Pra Ter o que Fazer”

Canção integrará EP que revisita discografia da artista em roupagem eletrônica

A cantora, compositora e atriz Clarice Falcão antecipa o EP “Eu me Lembro” com o single “Pra Ter o que Fazer”. Lançada somente no YouTube em 2012 em um formato voz e violão, a faixa volta eletrônica e synthpop. O single está disponível em todas as plataformas de música digital e como lyric video.

Ouça o single “Pra Ter o que Fazer”: https://ditto.fm/prateroquefazer

Veja o lyric video:

“Eu não sei muito bem porque demorou tanto para gravarmos essa música. Na época dos primeiros discos, eu sentia que tinha um humor nas músicas e essa aparecia como uma ovelha negra, que não se encaixava no conceito dos discos. Um dia, eu e o Lucas (de Paiva, produtor musical) estávamos de bobeira em casa quando ele me perguntou se tinha alguma letra para criarmos um arranjo. Foi quando resgatei essa música. Ela casou muito com a nova sonoridade e gostei muito do resultado”, conta.

A ser lançado no dia 20/03, o EP “Eu Me Lembro” traz 5 canções de trabalhos anteriores de Clarice com a estética eletrônica que marca a turnê atual da artista, inspirada no disco “Tem Conserto” (2019). Trazendo novas camadas para favoritas do público, o EP serve como um marco da evolução e amadurecimento de Falcão.

“Minha música é muito focada nas letras, que é algo que gosto muito, mas nos últimos anos eu queria que a música acompanhasse o clima. Mudamos bastante e achamos novas camadas para essas músicas”, conta ela.

Lançado no ano passado, “Tem Conserto” traz uma artista se abrindo de modo inédito para debater questões profundas e pessoais, como ansiedade e depressão, que a acompanham desde a adolescência. Com produção de Lucas de Paiva (Alice Caymmi, Mahmundi, Silva), responsável pelo álbum, e mixagem e masterização de Gabriel Guerra,  “Pra Ter o que Fazer” está disponível em todos os serviços de streaming de música.

Foto por Pedro Pinho

 

Ficha Técnica:

Produção: Lucas de Paiva

Mixagem e Masterização: Gabriel Guerra

LETRA

Nada gosta de não fazer nada

Todo telefone quer tocar

Uma janela é tão infeliz fechada

Quanto um carro sempre no mesmo lugar

Um relógio parado não existe

Um som sem som tem uma vida ruim

O apêndice é o órgão mais triste

Por que comigo não vai ser assim?

E aí eu marco três consultas

Antes de adoecer

E aí eu faço um estardalhaço

Só pra ter o que fazer

E eu me complico toda muito

Pra depois me resolver

E essa história demora horas

Só pra ter o que fazer

Siga Clarice Falcão:

https://www.instagram.com/clarafalcao

https://twitter.com/euclarice

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Daniela Fróes
Musicalmente eclética, apaixonada pela diversidade dos estilos, das festas e festivais, amante de uma boa música, principalmente das batidas eletrônicas. #Música #MúsicaEletrônica - Nunca se precisou de drogas para senti-la, a essência da batida, a sonoridade toca a alma de um jeito que não da pra ficar parado! "Quem não sente a melodia acha maluco quem dança"!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *