JOÃO CAVALCANTI DE VOLTA AO DUMONT ARTE BAR

Crédito Foto: Flora Pimentel

Após o sucesso da noite de estreia do Lapa-Gávea, cantor e compositor retorna à casa no dia 7 de novembro, quinta-feira, para apresentar seu novo show

“Samba Mobiliado” é o nome do recém-lançado EP de João Cavalcanti, liberado nos aplicativos de música no final de agosto. A partir dele, o cantor e compositor montou o show homônimo, que chega a sua segunda apresentação no Lapa-Gávea.

 

 “Foi uma alegria imensa inaugurar esse projeto idealizado pelo meu parceiro Pedro Miranda. O convite para voltar já no mês seguinte acabou sendo irrecusável”, justifica ele, que é um dos principais nomes da reocupação cultural da Lapa na virada de século. A apresentação é dia 7 de novembro, quinta-feira, às 21h30, no Dumont Arte Bar.

Nos cinco sambas do EP “Samba Mobiliado” (Som Livre / MP,B), dois foram gravados pela primeira vez: “Moleque”, composto por João, e “Nó”, feito por ele em parceria com Thiago da Serrinha. Em “Queira ou Não Queira” (João Cavalcanti / Alaan Monteiro), “Quando Você Deixar” (João Cavalcanti) e “Ponto de Vista” (João Cavalcanti / Edu Krieger), ele volta a dar voz a sambas que já tinha gravado com o Casuarina, grupo do qual fez parte por 16 anos. Também integra o EP a música “Bicho Saudade”, composta por João e Lenine e interpretada pelos dois.

O repertório abre espaço para João Cavalcanti voltar a dar voz a algumas das canções que sempre cantou quando se apresentava na Lapa, como é o caso de “Disritmia” (Martinho da Vila), “Eu Quero é Botar Meu Bloco na Rua” (Sérgio Sampaio) e “É Isso Aí (Isso é Problema Dela)” (Sidney Miller). Vão estar no palco com ele os músicos Alaan Monteiro (bandolim), Gabriel de Aquino (violão), João Rafael (contrabaixo) e Thiago da Serrinha (percussão).

“É Samba Mobiliado porque tem muita coisa dentro. Tem o trânsito da cidade, tem uma bagagem abrangente e desamarrada dos rótulos, tem uma formação instrumental sui generis, tem uma vontade genuína de explorar quantos caminhos houver. Tem espaço até pra uma canção como ‘Bicho Saudade’, que não parece um samba – tudo vale nessa decoração de interiores. O samba tem que ser o que ele é, não o que determinam que ele não seja”, resume João.

Depois de João Cavalcanti, em novembro o Dumont Arte Bar vai receber nas quintas seguintes outros artistas representativos do bairro mais boêmio do Rio de Janeiro: Elisa Addor e Julio Estrela (14/11), Tempero Carioca (21/11) e Marcos Sacramento (28/11). “Esses artistas são meus pares, meus amigos. Tenho o prazer de ser da mesma geração e de trabalhar com eles. É isso que nos une e, juntos, vamos tentando furar um pouco a barreira da cultura de massa. O Dumont Arte Bar é o novo refúgio não só do samba e do choro, mas da música brasileira”, justifica Pedro Miranda, idealizador e curador artístico do projeto.

Flávio Moreno, um dos sócios do Dumont Arte Bar, destaca que, embora a Gávea tenha um corredor cultural muito forte, ainda falta palco para a música na cidade, como um todo. “São várias salas de cinema, de teatro, uma grande Universidade, que é a PUC. É um bairro espetacular – e a gente brinca que tem um vereador, que é o nosso Pedro Miranda, um artista brilhante, com sonhos a realizar. Somos parceiros e estamos aqui para apoiá-lo em tudo que ele fizer. Esse projeto vai ser muito importante para a Gávea, pois vai resgatar grandes artistas desse polo cultural que é a Lapa e trazer a oportunidade de convivência com esses músicos fantásticos. Com a curadoria do Pedro é uma grande certeza de qualidade”, completa.

 

SERVIÇO

LAPA-GÁVEA

JOÃO CAVALCANTI NO SHOW “SAMBA MOBILIADO”

Data: 07/11/2019 (quinta-feira)

Local: Dumont Arte Bar – Praça Santos Dumont 116, sobrado – Gávea

Abertura da casa: 20h

Horário do show: 21h30

Capacidade: 180 pessoas

Classificação etária: 18 anos

Informações: (21) 3199-0151

 

INGRESSOS

R$ 40

R$ 30 (lista amiga, com nome no mural do evento até as 18h do dia do show)

R$ 20 (promoção para quem entrar até as 21h)

Vendas: na bilheteria da casa, na entrada do evento, com pagamento apenas em dinheiro

 

PROGRAMAÇÃO LAPA-GÁVEA | NOVEMBRO

07/11 | João Cavalcanti

14/11 | Elisa Addor e Julio Estrela

21/11 | Tempero Carioca

28/11 | Marcos Sacramento

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Daniela Fróes
Musicalmente eclética, apaixonada pela diversidade dos estilos, das festas e festivais, amante de uma boa música, principalmente das batidas eletrônicas. #Música #MúsicaEletrônica - Nunca se precisou de drogas para senti-la, a essência da batida, a sonoridade toca a alma de um jeito que não da pra ficar parado! "Quem não sente a melodia acha maluco quem dança"!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *