Globo Repórter mostra os benefícios de uma dupla que faz parte da cultura brasileira: arroz e feijão

Programa desta semana explora diversas receitas com esses dois grãos que têm lugar cativo nas mesas das famílias do país

Dupla que faz parte da cultura brasileira: arroz e feijão – Foto: Globo/Divulgação

Separados eles geram ótimas receitas, mas quando estão juntos são praticamente imbatíveis. Difícil saber quem foi o criador da mistura do arroz com o feijão, mas certamente este sujeito seria bem recepcionado na maioria das casas brasileiras. Uma combinação que, além de saudável e nutritiva, faz parte da identidade cultural do nosso povo. O ‘Globo Repórter’ desta sexta-feira, dia 24, mostra os benefícios para a saúde, receitas de preparo e as diversas formas de aproveitar uma dupla que é uma verdadeira paixão nacional.

O programa foi a diversas regiões do Brasil para ver como cada uma prepara o prato e conhecer de perto receitas como o arroz carreteiro, tutu de feijão, arroz com pequi e até o acarajé da Bahia, produzidas a partir destes dois ingredientes. A equipe foi até Goiás para mostrar o maior banco de sementes do país – e um dos maiores do mundo, na “Embrapa Arroz e Feijão”.

Dupla que faz parte da cultura brasileira: arroz e feijão – Foto: Globo/Divulgação

Um verdadeiro tesouro guardado a sete chaves em uma câmara fria e que garante o futuro dos grãos, com mais de 15 mil variedades de feijão e outras 30 mil de arroz, oriundas de várias partes do mundo. Também ouviu de pesquisadores todos os benefícios do consumo e a melhor forma de aproveitar os nutrientes, economizando na cozinha. Os centros de pesquisa revelam ainda como o arroz e feijão se transformam em ingredientes secretos de bolos, doces, macarrão, hambúrgueres e até em biscoitos, como o “Brasileirinho”. Desenvolvido em Campinas, pela equipe da Faculdade de Engenharia de Alimentos da Unicamp, o biscoito possui uma combinação nutritiva de proteínas, lipídios, minerais, carboidratos, entre outras propriedades.

Ainda na capital goiana, o repórter Fábio Castro conta como uma receita de família se transformou em fonte de renda. Durante a pandemia, a empreendedora Clébia Lima começou a fazer sucesso vendendo a “jantinha goiana”, prato regional formado por arroz, feijão tropeiro, mandioca cozida, espetinho de carne e vinagrete. No Rio de Janeiro, a chef Regina Tchelly, sucesso na internet ensinando como evitar o desperdício, reaproveitando as sobras dos alimentos, mostra as receitas de um hamburguer feito com arroz dormido e de um rocambole de feijão. “Aproveitar alimento é coisa de gente inteligente”, diz Regina. Em São Paulo, a repórter Isabela Assumpção apresenta a história de um grupo de moradores que, por conta da pandemia, resolveu colocar literalmente mais água no feijão e ajudar na alimentação de quase mil pessoas por mês.

O ‘Globo Repórter’ vai ao ar na noite de sexta-feira, dia 24, logo após a novela ‘Império’.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja. Visite: Instagram.com/PortalMariBarcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *