Galocantô apresenta “Luiz Carlos da Vila 70” no Theatro Net Rio

Grupo revelará duas músicas inéditas do bamba em show repleto de homenagens
Em 2019, um dos maiores poetas do samba completaria 70 anos de vida. Autor de clássicos imortais como “O Show Tem Que Continuar”, “Oitava Cor” e “Além da Razão”, Luiz Carlos da Vila (1949 – 2008) será homenageado pelo grupo Galocantô com o show Luiz Carlos da Vila 70, no Theatro Net Rio, dia 11 de dezembro.

Galocantô apresenta “Luiz Carlos da Vila 70” – Divulgação

O espetáculo será um verdadeiro mergulho na vida e obra do bamba. Além do repertório totalmente dedicado ao mestre, o show contará com exposição fotográfica de seu acervo, apresentação do escritor e historiador Luiz Antonio Simas, autor da biografia “Princípio do infinito – Um perfil de Luiz Carlos da Vila”, além das participações de Moyseis Marques e Moacyr Luz, contemporâneo e parceiro do artista.

O show marcará também apresentação de duas músicas inéditas de Luiz Carlos da Vila, guardadas a 7 chaves e gentilmente cedidas ao grupo pela família do sambista. Inspirado pelo convite em participar da homenagem, Moacyr Luz também compôs música em homenagem ao amigo, que será apresentada pela primeira vez ao público. O espetáculo será gravado em áudio e vídeo e será lançado nas plataformas digitais no primeiro semestre de 2020.

“No início dos anos 2000, a roda do Galocantô dava seus primeiros passos na Lapa. Desde o início, tivemos o privilégio da presença do Luiz no nosso dia a dia. Até que, em 2005, enquanto nos preparávamos para gravar o primeiro disco, ganhamos de presente 4 músicas dele. Uma delas foi “Eminência Negra”, que virou uma espécie de hino particular nos nossos primeiros anos, e teve a participação do Diogo Nogueira, registrando sua primeira gravação da carreira. Desde então sempre estivemos conectados. Até que, no fim da vida, ele nos presenteou com a música ‘O Galocantô’, uma de suas últimas composições. Hoje, cantar e homenagear Luiz Carlos da Vila é uma das razões de existir do Galocantô”, afirma Marcelo Correia, violonista do grupo.

Esta será o segundo trabalho do Galocantô celebrando Luiz Carlos. Em 2016, o grupo lançou o aclamado DVD “Galocantô canta Luiz Carlos da Vila”, que terá parte de seu repertório resgatado no novo espetáculo, além de versões que ficaram de fora na ocasião. Um dos convidados para a show, Moacyr Luz fala sobre a emoção de homenagear o amigo.
“Durante muito tempo tive uma relação diária com o Luiz.  A gente se identificava não só pela música, mas pela maneira de viver, pelos hábitos e espiritualidade. Quando recebi o convite para a homenagem, estas lembranças vieram à tona e, junto delas, a inspiração para compor em homenagem a ele. Fiz primeiro a letra, sozinho em um quarto de hotel, as palavras vinham de uma tristeza por não tê-lo mais comigo. Depois fiz a música, pensando no caminho melódico que ele percorria. E foi assim, tentando tirar de mim este vazio pela ausência dele, que nasceu a música”, revela , emocionado, Moacyr Luz.

Vencedor do Prêmio Jabuti em duas categorias com o livro “Dicionário da história social do samba”, Luiz Antonio Simas é coautor, ao lado de Diogo Cunha, da biografia “Princípio do Infinito – Um Perfil de Luiz Carlos da Vila”. Na introdução do show, o escritor e historiador fará uma espécie de aula-espetáculo sobre a vida de Luiz Carlos.

Galocantô apresenta “Luiz Carlos da Vila 70” – Foto: Bruno Henrique / Divulgação

“Luiz Carlos da Vila viveu em uma certa zona de fronteira curiosa. Muita gente do samba o considerava MPB demais para ser sambista. E parte da MPB o julgava sambista demais para ser da turma deles. No fundo é um falso paradoxo, já que não existe música popular brasileira mais forte e significativa que o samba. Neste sentido, Luiz Carlos da Vila foi um dos grandes. Na minha opinião, o maior letrista da história do samba, além de um melodista ímpar. Coloco Luiz no time de craques onde estão Candeia, Aldir Blanc, Cartola e Chico Buarque de Holanda. Ele provou que ser popular é ser também sofisticado, não existe a menor contradição entre as duas coisas.” afirma Simas.

O cantor e compositor Moyseis Marques, que já gravou “Profissão” e “Oitava Cor”, de Luiz Carlos, em seu primeiro e segundo álbum, respectivamente, conta a influência do sambista em sua obra e amadurecimento. ” Por também ser da Vila da Penha, aprendi com Luiz que era possível ser artista vindo de onde viemos. Desde antes de eu gravar meu primeiro disco, ele me puxou pelo braço e apresentou a boa parte do mundo do samba, criando laços fundamentais na minha carreira. Luiz uniu lirismo à boa malandragem como nenhum outro.
Chegou a lugares que ninguém foi, era mestre em criar crônicas daquilo que parecia simples através de uma poesia extremamente sofisticada. Com ele aprendi de tudo um pouco, de música a beber uísque da maneira correta. Foi um professor absoluto em seu refinamento suburbano. Será uma alegria e uma honra me juntar aos amigos do Galocantô nesta homenagem linda”, encerra mais um discípulo de Luiz Carlos da Vila, que segue mantendo acesa sua chama.

Serviço – Galocantô: Luiz Carlos da Vila 70
Data: 11 de dezembro
Horário: 21h
Local: Theatro Net Rio
Rua Siqueira Campos, 143 – Copacabana, Rio de Janeiro – Shopping Cidade Copacabana

Ingressos:
Balcão:
Inteira R$ 60,00
Meia- Entrada R$ 30,00
Cliente Net/Claro R$ 30,00
30% Clube Uol R$ 42,00
50% Clube Globo R$ 30,00
Cuponeria 30% R$ 42,00

Platéia:
Inteira R$ 80,00
Meia- Entrada R$ 40,00
Cliente Net/Claro R$ 40,00
30% Clube Uol R$ 56,00
50% Clube Globo R$ 40,00
Cuponeria 30% R$ 56,00

Vendas: http://bileto.sympla.com.br/event/63534/d/77262
Classificação: livre
Contato: (21) 2147-8060

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja. Visite: Instagram.com/PortalMariBarcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *