“Literatura e cosmopolitismo em tempos de pandemia: Jorge Luis Borges e Clarice Lispector nas redes sociais”: FGV CPDOC promove webinar de Literatura

Webinar mostrará diferenças de leitura de Jorge Luis Borges e Clarice Lispector em vários países

 

Clarice Lispector

O Laboratório de Pensamento Social e o Laboratório de Humanidades Digitais da Escola de Ciências Sociais do FGV CPDOC promovem na quarta-feira, dia 15 de julho, o webinar “Literatura e cosmopolitismo em tempos de pandemia: Jorge Luis Borges e Clarice Lispector nas redes sociais”. No evento, que será realizado no Canal da FGV no YouTube, especialistas vão discutir a presença da Literatura nas redes sociais, especialmente durante a pandemia.

No encontro virtual serão analisadas práticas de leitura nas redes sociais, especificamente no Twitter, durante a pandemia. O webinar terá como foco dois autores populares no ambiente digital e importantes para os cânones literários argentino e brasileiro: Jorge Luis Borges e Clarice Lispector.

A palestra será feita por Alejandra Josiowicz, que é mestre e doutora em Spanish and Portuguese pela Princeton University; pesquisadora Bolsista no FGV CPDOC; pesquisadora de Carreira do Instituto Interdisciplinar de Estudos de Gênero (IIEGE) do Consejo Nacional de Investigaciones Científicas y Técnicas (CONICET), na Argentina; e professora da Universidade de Rio de Janeiro (Uerj).

Jorge Luis Borges

As discussões seguirão na direção dos avanços recentes nas humanidades digitais, combinando a mineração de textos, a modelagem de tópicos e a georreferenciação. A pesquisadora do FGV CPDOC desenvolverá uma análise qualitativa e quantitativa das comunidades de leitores globais de Borges e Lispector, ressaltando as dimensões geopolíticas e culturais da leitura nas redes sociais e as diferenças e desigualdades do modo como esses autores são lidos em 14 cidades das Américas e da Europa, em diferentes línguas.

As inscrições podem ser feitas por meio do link: evento.fgv.br/literaturanasredes/

SERVIÇO

Evento: Webinar “Literatura e cosmopolitismo em tempos de pandemia: Jorge Luis Borges e Clarice Lispector nas redes sociais”

 

Sobre a FGV CPDOC

O Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC) foi criado em 1973. A instituição tem o objetivo de abrigar conjuntos documentais relevantes para a história recente do país, desenvolver pesquisas em sua área de atuação e promover cursos de graduação e pós-graduação. Os conjuntos documentais doados ao CPDOC, que podem ser conhecidos no Guia dos Arquivos, constituem, atualmente, o mais importante acervo de arquivos pessoais de homens públicos do país, integrado por aproximadamente 200 fundos, totalizando cerca de 1,8 milhão de documentos. A organização desses arquivos e sua abertura à consulta pública, hoje totalmente informatizada por meio do sistema Accessus, são tarefas primordiais do Centro.

Ainda com o intuito de registrar a história contemporânea brasileira foi iniciado, em 1975, o Programa de História Oral que, desde então, vem recolhendo depoimentos de personalidades que atuaram no cenário nacional. Contando atualmente com mais de 5.000 horas de gravação, correspondentes a quase 1.000 entrevistas, boa parte aberta à consulta, o acervo de história oral do CPDOC pode ser melhor conhecido em consulta à base História Oral.

Em 1974, o CPDOC deu partida ao projeto de elaboração do Dicionário Histórico-Biográfico Brasileiro obra de referência voltada para a história do Brasil no período pós-1930. O Dicionário foi publicado em 1984 e esgotou-se pouco tempo após o lançamento. Ainda nos anos 1980 foi iniciada a atualização da obra, o que reflete a própria continuidade do trabalho do CPDOC, de recolher, organizar e divulgar informações sobre a história contemporânea do país. Uma segunda versão do Dicionário foi lançada em 2001 em cinco volumes com cerca de 6.600 verbetes e um ano depois, sua versão multimídia, em CD-Rom, também foi colocada à disposição. Todos os verbetes podem ser consultados na Base de dados integrada do acervo do CPDOC.

Desde a criação do CPDOC, algumas linhas de investigação vêm sendo desenvolvidas e permanecem como pontos de referência e identidade de seu grupo de pesquisadores, que estão organizados em Laboratórios de Pesquisa. Uma das características marcantes é a perspectiva multidisciplinar, tradicionalmente adotada pelo CPDOC, que se reflete em uma equipe de pesquisadores com formação em diversas áreas.

Em 1988, o CPDOC lançou o primeiro número da Revista Estudos Históricos, publicação semestral, de caráter interdisciplinar, que tem avaliação A 1 no Qualis/CAPES. Em 2009, foi lançada a Revista Mosaico, publicação voltada para as áreas de ciências humanas e sociais. Ambas são ligadas ao Programa de Pós-Graduação de História, Política e Bens Culturais, a Revista Estudos Históricos é organizada pelos docentes e a Revista Mosaico, pelos discentes.

Em 2003, o CPDOC inaugurou suas atividades de ensino com a criação do Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais, que segue uma linha interdisciplinar. Os cursos oferecidos são Mestrado Acadêmico, Doutorado e Mestrado Profissional em Bens Culturais e Projetos Sociais. Também são oferecidos cursos de pós-graduação lato sensu: MBA em Relações Internacionais, MBA em Bens Culturais: Cultura, Economia e Gestão e Pós-graduação em Cinema Documentário.

Em 2005, o CPDOC ampliou sua atuação no ensino criando a Escola Superior de Ciências Sociais, que iniciou em 2006 seu Curso de Graduação em Ciências Sociais (bacharelado). Além de oferecer uma sólida formação teórico-metodolíca e incentivar um olhar crítico, os estudantes têm a opção de cursar disciplinas para obter Certificado de formação Complementar em Direito, Matemática Aplicada e Administração. Ademais, todas as Escolas da FGV oferecem também Formação complementar em Relações Internacionais, Política e Cidadania ou História do Brasil Contemporâneo. Ofertamos também a possibilidade de cursar dupla graduação em Direito ou Matemática Aplicada.

Por conta de todos os aspectos mencionados, o CPDOC se consolidou como uma referência de ensino e pesquisa. Através das múltiplas oportunidades oferecidas aos estudantes e pesquisadores, tornamos possível a construção e fortalecimento de um olhar multidisciplinar e crítico sobre as diferentes áreas das ciências sociais.

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação ArteCult.com
Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *