Elenco da primeira fase de Pantanal fala sobre desafios e perrengues durante a gravação da novela

Para falar mais sobre a primeira fase da nova novela das nove da Tv Globo, Pantanal, atores e produção tiveram dois encontros com a imprensa e o ArteCult estava presente.

Durante a coletiva um dos assuntos falado foi o desafio e até mesmo a responsabilidade de viver personagens tão importantes e vividos na memória dos brasileiros. O ator Renato Goés que dará vida a José Leôncio na primeira fase da novela, comentou sobre o desafio do personagem. “É um baita desafio, mas um desafio muito gostoso. Quando recebi a ligação me tremi da cabeça aos pés, eu sabia que seria um trabalho com uma responsabilidade muito grande, mas veio de uma forma muito mágica. Amigos com fazenda no Pantanal abriram as portas e eu pude passar um tempo lá. Minha grande intenção era justamente perder aquele primeiro encanto gigantesco, isso foi um pouco difícil.”

José Leôncio (Renato Góes) – Foto: Globo/João Miguel Júnior

Renato também trouxe memória que tem sobre a versão original da trama. “Assisti a primeira versão agora, mas às duas vezes que foi ao ar a novela me marcou. Ficava com tudo na cabeça, como a música de abertura. Mas eu fui entender a dramaturgia agora.”

Estreante nas telinhas, a atriz Letícia Salles que viverá Filó na primeira fase contou que se sentiu muito lisonjeada. “Me senti muito lisonjeada por ser o meu primeiro trabalho. Fico até arrepiada, nervosa para falar, mas foi lindo esse processo, foi incrível, me joguei de cabeça.  A construção da minha Filó foi uma coisa muito linda e gostosa de fazer, estar no Pantanal foi único, uma sensação muito prazerosa. Estou feliz e ansiosa e espero que todos se apaixonem pela Filó e pela história dela assim como eu me apaixonei”.

Filó (Letícia Salles) – Foto: Globo/João Miguel Júnior

A atriz ainda contou que este esta sendo o maior desafio da sua vida. “Estou vivendo o maior desafio da minha vida, estar ao lado de pessoas que são inspiradoras, pessoas que assistia apenas pela TV.  Tenho aprendido muito com cada uma delas!”

O ator Gabriel Stauffer que divide personagem com Caco Ciocler, deixou claro que o fato de ser uma novela que faz tanto sucesso, só trouxe mais força e confiança. “Saber que é uma obra que fez tanto sucesso me dá força e confiança na equipe. A gente acredita que está muito bem amparado como elenco, então eu fiquei mais empolgado do que pressionado para fazer essa nova versão. Me senti lisonjeado e feliz por saber que estava ao lado de pessoas muitos boas em todos os sentidos.”

Claro que tantas gravações no Pantanal iriam render alguns perrengues e situações inusitadas. Um dos perrengues praticamente unanime, foram as porteiras. Abrir e fechar as porteiras durante o trajeto não era uma missão simples, elas servem para conter e até mesmo ordenar os rebanhos que circular pelas estradas, mas com o deslocamento extenso e diário, alguns atores inclusive davam um jeitinho de escapar dessa função. “A gente criou vários esquemas: o carro da frente abre e o de trás fecha, ir de chinelo para poder dizer que não podia abrir porteira porque estava de chinelo. Tinha esses truquezinhos”, contou Juliana Paes.

Maria Marruá ( Juliana Paes ) – Foto: Globo/João Miguel Júnior

Letícia Salles recebeu uma visita indesejada no seu banheiro. “Tinha um perereca morando há 20 dias na pia do banheiro, e eu não tinha coragem de tirar. A Malu chegou e salvou a perereca e me salvou (risos)”.

Já Bruna Linzmeyer tinha uma convivência bem mais tranquila com os animais: “Se sentir um animal estrangeiro em outros animais é uma subversão muito interessante”. Porém, até os mais corajosos tem seu ponto fraco: “A parte dos jacarés é linda demais. Eles não são um perigo para gente, nadamos com eles no rio. Já a ariranha eu tinha medo. Quando ela passava, eu saía do rio e esperava ela passar.”

Madeleine ( Bruna Linzmeyer ) – Foto: Globo/João Miguel Júnior

Gabriel Stauffer  foi avisado quando chegou que o animal mais perigoso do Pantanal não era a onça: “Quando a gente chegou lá, o pessoal já falou: “O bicho mais perigoso aqui do Pantanal não é onça, não é jacaré, é o queixada. Se você escuta esse barulho tem que sair, porque ele vai passar por cima de você. Ele vem correndo e quebra até perna de cavalo, é um terror” 

“Um dia estava de carro e vi o que dia  estava lindo e pedi para ir caminhando. Olhei uns 20 metros para a frente e, do nada, “tec-tec-tec”, o barulho do queixada. Gente, eu não consegui pensar em mais nada, saí correndo atrás de outro ator e gritando: “É o queixada, é o queixada, corre”. A gente entrou no carro desesperado. Nem sei se era o queixada. (risos)”. 

Renato Goés contou que viver uma coincidência bem interessante em relação a  Paulo Gorgulho que interpretou José Leôncio na primeira versão. Durante as gravações, ele levou a esposa  Thaila Ayala para ficar uns dias na fazenda de Almir Sater. “Vi que dava para ela ir escondido e se hospedar na casa dele. Ela estava grávida de seis meses e fiquei sabendo que o Paulo Gorgulho também levou a mulher grávida de seis meses escondidos para a casa do Almir na época”

Eugênio (Almir Sater) e José Leôncio (Renato Góes) – Foto: Globo/João Miguel Júnior

Acompanhado da esposa e de Almir, o ator encontrou pela primeira vez com uma onça. “A gente estava na beira do rio e perguntei para o Almir: ‘se aparecesse uma onça agora, o que teríamos que fazer?’. Almir me disse que, com respeito, levantaríamos e voltaríamos para casa. Dois minutos depois aparece a onça… Eu esperando a hora de recuar…, mas ficamos ali, dentro do rio, observando ela de longe. Comecei a filmar e no dia seguinte voltei no lugar para ver as batidas, as patas por onde ela passou. Vai ficar marcado para sempre na minha memória. Eu e Thaila com uma onça no pôr do sol foi inesquecível.”

‘Pantanal’ é escrita por Bruno Luperi, baseada na novela original escrita por Benedito Ruy Barbosa. A direção artística é de Rogério Gomes, direção de Walter Carvalho, Davi Alves, Beta Richard e Noa Bressane. A produção é de Luciana Monteiro e Andrea Kelly, e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *