Baueny Barroco: Revoltada com sotaque de Jade Picon, carioca lança curso de carioquês no Onlyfans

Baueny Barroco. foto: Divulgação.

Ela viralizou nas redes sociais com um vídeo criticando o sotaque forçado de Jade Picon na novela Travessia. Baueny Barroco tem 21 anos e é influenciadora, cantora e compositora e agora está lançando um curso no Onlyfans ensinando como falar como uma legítima carioca suburbana. Além de ensinar a falar com sotaque do Rio de Janeiro, o curso de Baueny também vem para mostrar que o Onlyfans não é apenas uma plataforma erótica e possui muitos perfis de conhecimento:

Baueny Barroco. Foto: Divulgação.

“Me pediram tanto, mas tanto pra fazer um vídeo ensinando a Jade a ser carioca que eu pensei “ah, acho que vale o risco do processo”. Por anos eu morei em São Paulo e era bem zoada por essas mesmas características, tive que aprender a conter meu jeito cariocão e suburbano e aprender a falar mais como paulista para que as pessoas parassem de encher o saco. Ver que a mesma coisa que eu tinha que esconder para não ser zoada virou o motivo de milhares de pessoas me seguirem, me deixa extremamente feliz. Posso finalmente voltar a ser a carioca da Zona Norte que eu escondi em mim por anos.”

A carreira de influenciadora de Baueny vem se consolidando cada vez mais. No tiktok seus vídeos têm quase cinco milhões de visualizações e no twitter e instagram não é diferente. Famosos como Gloria Groove já postaram memes em alusão a ela.

”Hoje trabalho também na divulgação do meu single ‘Moreno Tatuado’. Minha vida na música começou ainda esse ano de 2022, já fazia cursos na área da música há algum tempo para aprender a compor, me portar em palco, essas coisas. Mas a coragem e a oportunidade de entrar em um estúdio e meter a cara a tapa para lançar algo surgiu no meio desse ano. É bem mais difícil ser artista quando não é de uma família rica ou do ramo da música. Na internet eu já estou há uns 7 anos, mas só começou a dar certo mesmo ano passado, quando eu resolvi fazer o que de fato eu queria e não o que me falavam que eu devia fazer. Eu sempre fui do funk então dançar parece que já nasceu comigo. Por anos as pessoas diziam ‘é só rebolar a bunda na internet que fica famosa’. Quando eu comecei a fazer meus vídeos falando, as pessoas gostaram do meu jeito de falar, da minha voz e dos meus trejeitos”

 

 

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *