Canal Brasil homenageia Elza Soares

O Canal Brasil abre espaço em sua programação, na senda, dia 24 de janeiro, para exibir uma programação especial em homenagem a Elza Soares (23/06/1937 – 20/01/2022). Ícone da música mundial e eleita a voz do milênio, a “Mulher do Fim do Mundo” nos deixou, aos 91 anos, cantando até o fim , como era sua vontade.

O tributo inclui o show “Elza Soares – Beba-Me”, dirigido por Marco Altberg; o episódio do programa “Arte na Capa” que fala sobre o álbum “Aquarela Brasileira”; dois episódios de “O Som do Vinil”, o primeiro sobre “Mulher do Fim do Mundo” e o segundo sobre “Deus É Mulher”; e o episódios “Elza Soares – Malandragem”, de Almanaque Musical.

Elza Soares – Foto: na Paula Amorim

Homenagem a Elza Soares

24/01 – Segunda:
15h20 – Elza Soares – Beba-Me
16h35 – Arte na Capa: Elza Soares – Aquarela Brasileira
16h40 – O Som do Vinil: Mulher do Fim do Mundo, Elza Soares
17h05 – O Som do Vinil: Elza Soares – Deus É Mulher
17h30 – Almanaque Musical: Elza Soares – Malandragem

Elza Soares – Beba-Me (2007) (76’)
Diretor: Marco Altberg;
Sinopse: Elza Soares canta diversos sucessos no show Beba-Me.
Gênero: Show.
Classificação: Livre.

Arte na Capa: Elza Soares – Aquarela Brasileira (2015) (4′)
Diretor: João Felipe Freitas;
Sinopse: O programa retrata as histórias por trás da criação de clássicas capas de discos brasileiros.
Gênero: Documentário.
Classificação: Livre.

O Som do Vinil: Mulher do Fim do Mundo, Elza Soares Ep236 (2016) (26′)
Diretor: Charles Gavin, Gabriela Gastal;
Sinopse: Charles Gavin recebe Elza Soares para um bate-papo sobre o disco “A Mulher do Fim do Mundo”, lançado em 2015.
Gênero: Entrevista.
Classificação: Livre.

O Som do Vinil: Elza Soares – Deus É Mulher Ep295 (2019) (28′)
Diretor: Charles Gavin, Gabriela Gastal;
Sinopse: “Eu sou o movimento feminista”. A cantora Elza Soares manifesta sua força diante das adversidades que enfrentou na vida e destaca o poder do feminino em seu último disco, “Deus é Mulher”.
Gênero: Entrevista.
Classificação: Livre.

Almanaque Musical: Elza Soares – Malandragem (2015) (23′)
Diretor: Tatiana Issa;
Sinopse: Tesouro da música brasileira, Elza Soares confessa que tem swing e malandragem no DNA. A cantora comenta o atual cenário musical e fala sobre a importância da liberdade e independência feminina.
Gênero: Entrevista.
Classificação: Livre.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *