Assucena: Cantora desata em voo solo e autoral com single inédito. Confira o clipe de “Parti do Alto” !

Foto: Cássia Tabatini

 

“Parti do Alto” é o primeiro pulo solo e autoral da cantora, compositora e intérprete Assucena ouça o single aqui. Canção de estreia de sua jornada enquanto artista individual, a faixa inédita foi composta por Assucena e desponta agora refinada em cores pop, mesclada à densidade lírica de uma compositora pensante e inquieta. A produção musical de “Parti do Alto” é assinada por Ivan Gomes.

Primeira parte de um compacto inédito de Assucena – e cujo lançamento completo se dará nos primeiros meses -, “Parti do Alto” foi escolhida pela artista por sua história pessoal com a faixa. Com  referência direta ao estilo de samba “partido alto”, a cantora baiana explora um tom crítico em sua letra, todavia evitando o panfletarismo. 

“Quis gravá-la porque gosto de temáticas que não sejam óbvias, gosto da quebra de ‘gênero-musical’ que ela apresenta. Penso que vivo um momento de me relacionar afetivamente com minha criação. Acho que mais que uma atmosfera pop, a sonoridade dela e desse compacto se expressa por uma busca do contemporâneo”, reflete Assucena.

‘Parti do Alto’ vem de uma vibe dançante para um samba-canção melancólico, essa conversa existe via a antropofagia, algo próprio da cultura brasileira. É uma canção que se reivindica iconoclasta em sua mensagem, uma voz feminina que quebra símbolos fálicos e questiona sua sacralidade; monumentos fálicos como metáfora da história do patriarcado que foi naturalizada, ao se apropriar da própria natureza e do culto à hegemonia ‘masculina’, vulgo falocentrismo”, completa Assucena.

 

Confira o clipe de “Parti do Alto”:

 

No momento Assucena encontra-se em estúdio “aprontando outras estripulias musicais”. Após três discos lançados com seu antigo projeto, As Baías, agora ela abre espaço para outras sonoridades, inventando sua toada em novos ritmos, seja nos arranjos, seja em seu dia a dia e no fazer artístico.

Quando você participa de um grupo musical, é preciso compreender as intersecções e renúncias que serão alinhadas para que um projeto coletivo aconteça. Ou seja, muito do que fiz era e também não era eu. E renunciar é sempre mais doloroso no processo. Agora, eu estou vivendo a estreia de uma artista em estado de solitude. Serei totalmente responsável pelas escolhas que farei e estou pronta para arcar com as consequências disso”, comenta a cantora.

Assucena. Foto: Fernanda Tiné

Para ela, a carreira solo é um lugar no qual pretende escancarar toda sua “loucura”, um território sobre o qual ela espera “revelar uma intimidade vocal que nunca apresentei ao público antes. Por isso é uma estreia e não um recomeço. Vou inaugurar tudo: meu nome, minha imagem, minha equipe, minha sonoridade, meu canal, minhas derrotas e vitórias. Sabe as borboletas na barriga? Já desisti de que elas vão desaparecer. Elas já são uma fauna permanente de minha flora intestinal”, celebra Assucena. 

 

SOBRE ASSUCENA

Cantora, compositora, intérprete e atriz, Assucena ficou conhecida por atuar durante seis anos com a banda As Baías, projeto com o qual foi indicada duas vezes ao Grammy Latino, respectivamente nos anos de 2019 e 2020. Nascida e crescida em Vitória da Conquista (BA), já faz alguns anos que Assucena vive em São Paulo (SP) e neste 2022 abre espaço para sua carreira solo, na qual projeta desenvolver suas aspirações musicais e poéticas próprias, passeando pelo pop, a mpb, o samba, entre outras invenções mais. É hora de grudar em Assucena e não perdê-la de vista.

 

Ficha técnica

  • Produção Musical: Ivan Gomes
  • Gravado em outubro de 2021 no estúdio Lebuá
  • Mixagem: Frederico Pacheco
  • Masterização: Maurício Gargel
  • Músicos: Vitor Wutzki (violão, guitarra e sintetizadores; Bianca Predieri ”Bibeats” (Bateria e Programação); Ivan Gomes (baixo elétrico)
  • Foto: Cássia Tabatini (@cassiatabatini)
  • Direção Criativa, Direção de Arte e Styling: Ode (@bornalongaroad)
  • Diretor de vídeo: Pedro Maciel (@pedropmaciel)
  • Assistente de styling: Juan Duarte (@juanduarte)
  • Designer gráfica: Ana Gama (@odjetos)
  • Flores: Amorphophallus (@amorphophallus__)
  • Beleza: Magô Tonhon (@mulhertrans)
  • Cabelo: Maria Ágata Ignácio (@agataig)
  • Assistente de Fotografia: Édson Luciano e Larissa Saito (@edsonluciano e @laly.saito)
  • Produção: Juliana Oliveira (@anajuli_0liveira)
  • Apoio: Eduardo Dugois (@eduardodugois)

 

Equipe Assucena:

  • Manager: Valéria Graziano (@val_graziano)
  • Produção Executiva: Thiago Felix/Friccione Produções (@othiagofelix)
  • Assessoria de Imprensa: Izabela Costa (@assessoriza)
  • Mídias Digitais: BEM SONORA (@bemsonora)

 

Siga Assucena

Canal de Assucena do YouTube

instagram.com/assucenaassucena/

 

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *