Almirante Negro: Clipe sobre a Revolta da Chibata abre o caminho para Samba de Guerrilha, novo álbum de LUCA ARGEL

Foto Divulgação

Salve o Almirante Negro!

 

Um videoclipe de animação em homenagem a Aldir Blanc, João Bosco e João Cândido é o abre-alas para o novo álbum de Luca ArgelSamba de Guerrilha.

O líder da Revolta da Chibata, João Cândido (primeira fileira, à esquerda do homem com terno escuro), com repórteres, oficiais e marinheiros a bordo do Minas Geraes em 26 de novembro de 1910.

O clipe Almirante Negro (O Mestre-Sala dos Mares), conta a histórica Revolta da Chibata, que eternizou o lider João Cândido, um dos símbolos mais cariocas da resistência negra. A versão em animação tem direito à letra original do clássico de Aldir e Bosco, sem os cortes da censura.

O videoclipe é dirigido por Anderson Cruz do Copa Studio (um dos responsáveis pelas animações de Irmão do Jorel e Tromba Trem, entre outras). A proposta do Samba de Guerrilha, é evidenciar o samba como um contador de histórias, em momentos nem sempre dos mais agradáveis para os brasileiros.

“O objetivo é mostrar o samba como um elemento de resistência, de registro histórico e como um fio, que une várias culturas existentes no Brasil”, diz Luca, que vive de música, em Portugal, há oito anos. “A partir do samba é possível contar muitas histórias e resgatar personagens míticos como o Almirante Negro João Cândido, que se tornou um bravo representante da resistência negra”.

CONFIRA O CLIPE:

 

 

 

 

 

Participação de Átila Bee

No clipe, Luca também relembra um trecho da histórica carta de exigências da revolta, através da voz de Átila Bee, ator que recentemente interpretou o próprio João Cândido no espetáculo Turmalina 18-50, sobre a história de vida do “Almirante Negro”. A primeira exibição foi durante uma live no Porto, em Portugal, no dia 22 de novembro. A data marcou os 110 anos da Revolta Chibata.

“Não haveria forma melhor de comemorar este aniversário”, conta Luca, dando spoiler sobre o álbum Samba de Guerrilha. “Chegará ao Brasil em fevereiro, na quarta-feira de cinzas, repleto de mais histórias de luta e resistência que tiveram no samba a mais bela das testemunhas”.

Além do clip, fazem parte da frota de ações do Samba de Guerrilha shows em Portugal e no Brasil, a partir de fevereiro de 2021. O projeto inclui ainda pockets para crianças em escolas públicas brasileiras, como uma forma de difundir a cultura entre os pequenos. As datas dependem do avanço ou retrocesso da pandemia de Covid-19.

 

Sobre a Revolta da Chibata

A Revolta da Chibata foi um dos mais emblemáticos episódios de desobediência e contestação da história do Brasil; e completou, em 22 de novembro passado, 110 anos. Seus protagonistas eram marinheiros, majoritariamente pobres e negros, como o líder João Cândido, cotidianamente explorados, humilhados e cruelmente castigados com chibatadas à bordo dos navios onde serviam.

A punição ao marinheiro Marcelino Rodrigues Menezes com 250 chibatadas e sem direito a tratamento médico foi a gota d’água que motivou o motim, que aconteceu entre 22 e 27 de novembro de 1910. A pressão fez o governo de Hermes da Fonseca aceitar as exigências e acabar com os castigos físicos na Marinha, prometendo anistia para os envolvidos, mas no dia seguinte mais de mil marinheiros foram dispensados por indisciplina.

Uma semana depois, outra revolta aconteceu na Ilha das Cobras e os envolvidos foram torturados e aprisionados. Alguns foram enviados a força para trabalhar nos seringais da Amazônia. João Cândido ainda tentou voltar para a Marinha ao ser solto, mas não conseguiu. Em 1911 foi preso como louco e, em 1912, foi trabalhar na estiva e como vendedor de peixes, na Praça XV. Morreu aos 89 anos, em 1969.

 

Sobre Luca Argel

Foto: Divulgação

Cantor e compositor brasileiro, carioca da gema e formado em música pela UNIRIO. É mestre em Literatura pela Universidade do Porto, em Portugal. Migrou para além mar em 2012, para estudar, e por lá ficou.

É vocalista e compositor dos grupos Samba Sem Fronteiras e Orquestra Bamba Social, com quem divide a alegria de difundir a sonoridade e poesia da música brasileira em Portugal.

No rádio, é roteirista e apresentador do programa diário Boi Com Abóbora na Rádio Nova FM (Porto), dedicado exclusivamente à música brasileira.

Tem livros de poesia publicados no Brasil, Espanha e em Portugal. Um deles foi semifinalista do Prêmio Oceanos 2017, considerado um dos prêmios literários mais importantes entre os países de língua portuguesa.

 

Discos solo:

Tipos que tendem para o silêncio (2016)

Bandeira (2017), considerado pelo site Embrulhador um dos melhores lançamentos da MPB

Conversa de Fila (2019), o último trabalho, aprofunda ainda mais a linha de trabalho focada na linguagem do samba.

Acompanhe o Luca nas Redes :

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação ArteCult.com
Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *