Mundo dos quadrinhos em figurinhas – Ano de 1974

Queridos leitores e amigos que adoram quadrinhos, venho lembrar-lhes nesta matéria o ano de 1974. Sem dúvidas, foi um ano mágico para mim. Foi o ano de lançamento do primeiro álbum de figurinhas oficial da Marvel no Brasil, lançado pela Editora Dimensão. O álbum chamado “Figurinhas Super-Heróis” com a apresentação na capa do Homem Aranha, Thor, Capitão América e o Hulk. O valor do álbum era um Cruzeiro e os pacotinhos de figurinhas custavam vinte centavos de Cruzeiros. As figurinhas eram coladas com a cola Polar, passando a cola no dedo e depois atrás da figurinha. Tínhamos a preocupação de colar retinha dentro do seu espaço, deixando, depois, o álbum aberto para secar.

Lembro bem o anúncio na televisão (na época, havia os anúncios de televisão dos álbuns de figurinhas), emocionante, com as figurinhas se deslocando na tela, parecendo que os super-heróis estavam voando nas cenas e enfrentando os seus adversários. Os anúncios também passavam no programa do Capitão Asa, quem lembra?

Colecionei esse álbum por sete meses e quase consegui completar, faltando apenas a figurinha do Demolidor, que nunca consegui adquirir para terminar o álbum.

O texto de entrada do álbum é fantástico. Vou apresentá-lo a vocês: “Do fantástico mundo da fantasia, a Editora Dimensão Cultural selecionou duzentos e cinquenta personagens, entre Super-heróis e vilões. Homem Aranha, Thor, Mister Fantástico (homem borracha – Quarteto Fantástico), príncipe submarino (Namor)…. Portanto, entregamos a você este livro ilustrado, repleto de ação, aventura e grandes combates que se desenrolarão através destas páginas”. Lendo esse texto, ah que saudades desse tempo…e ter a oportunidade de voltar e ler essa mensagem no álbum que tenho até hoje em minha coleção…

O álbum se inicia apresentando todos os super-heróis, com a entrada, na primeira página, do Quarteto Fantástico. Depois são apresentados todos os outros super-heróis, como o Capitão Marvel, Ms Marvel, Gavião, Vespa, Hércules, Mulher Aranha e, até mesmo, uma cena de combate do Mestre do Kung Fu.

O mais interessante é que o nome dos heróis nos cromos (“cards”, hoje em dia) eram em inglês, pois não foram traduzidos para o público infantil do Brasil. Então possuímos o cromo do Homem Aranha com o nome “Amazing Spider-Man” ou o cromo do Punhos de Aço com o nome “Iron Fist”, dentre outros. Mas, abaixo do cromo, no álbum, vinha o nome em português. Lembro que existiam heróis e vilões de que nunca tinha ouvido falar. Sendo assim, comecei a tentar descobrir em quais histórias poderia encontrá-los e, para a minha surpresa, consegui conhecendo e colecionando uma coleção de revistinhas chamada Heróis da TV lançada pela editora Abril.

O álbum também apresenta heróis e vilões curiosos como Infinitus, Bumerangue, Plutão, Kraken, Robô Selvagem, dentre outros, que hoje, provavelmente, não existem mais ou raramente são apresentados nas histórias de hoje em dia.

Confesso que ainda gosto muito dos desenhos dessa época. Eram desenhos mais simples, chamados desenhos clássicos, sem a apresentação, pretensão e a preocupação de passar uma realidade anatômica perfeita, pois, afinal de contas, eram quadrinhos, desenhos vistos como desenhos e não desenhos imitando as fotografias realistas. Todos os desenhos das figurinhas e da capa são dos artistas John Buscema, Sal Buscema, John Romita e Jack Kirby, as maiores referências dos desenhos de quadrinhos que conhecemos na época.

Esse álbum realmente dever ser uma raridade, nunca conheci ninguém que conseguiu manter ou pelo menos me mostrar um igual. Mas sem dúvidas foi uma emoção realizar essa coleção e conseguir mantê-lo em bom estado de conservação até os dias de hoje.

Um grande abraço e até a próxima matéria, gafanhotos!

CARLOS EWALD

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Carlos Ewald Amazonas
Sócio-fundador QuadriMundi e direção geral do Canal QuadriMundi do ArteCult.com Coordenador de todas as seções do QuadriMundi, sendo elas: Comentando Quadrinhos, Quadrinhos do Passado, Mangá e Anime, Desenho Digital de Quadrinhos e Criação de Personagens, Dicas de Desenho de Quadrinhos a Mão Livre e Comentando os Super-Heróis e sua Evolução. Estudei desenho artístico na Sociedade de Belas Artes, Desenho Artístico no SENAC e Desenho de propaganda no SENAC. Me formando em Desenho Industrial com Habilitação em Programação Visual. Também estudei fotografia na mesma instituição. Desde quando tinha 5 anos vivi no mundo dos quadrinhos com o meu tio avô Willi Mendell, dono da representação da King Feature do Brasil. Publicitário, desenvolvedor web, programador e me dediquei algum tempo a área financeira. Mas sempre desenvolvendo em paralelo minhas atividades relacionadas a quadrinhos, jogos e maquetes. Fiz varias exposições no Rio de Janeiro entre 1988 e 1995. Trabalhei em varias agências de publicidade e propaganda, em treinamento executivo por 20 anos, ministrando treinamentos no IME - Instituto Militar de Engenharia e DADM na Marinha do Brasil, trabalhei na Vivo chegando a assessor da Vice Presidência da empresa e sendo um dos mentores na criação da marca Vivo. Atualmente estudo na Lipe Diaz Escola de Artes Visuais desenvolvimento de quadrinhos. Minhas influências são Jack Kirby, Jonhm Blanche, Jorge Guidacci, Jonhm Buscema, Sal Buscema, dentre outros mestres dos quadrinhos. Sempre apaixonado pelos quadrinhos!! ewald.amazonas@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *