DOUTOR SONO: Uma boa continuação com muito fan service

Uma das produções mais aguardadas do ano é continuação de um dos maiores clássicos do cinema horror, “O Iluminado” que se tornou uma sensação no ano em que foi lançado, vindo a se tornar nos tempos atuais um verdadeiro cult. Agora sua sequência já está entre nós. “Doutor Sono” nos traz uma história bem amarrada, sem se arriscar muito. Mas, repleto de fan service. Confiram nossa crítica sem spoiler a seguir.

Criação de um dos maiores escritores da atualidade, o mestre Stephen King, que já teve diversas de suas obras transformadas em filmes, aliás, apenas nesse ano já fomos presenteados com os ótimos “IT – A Coisa 2” e “Cemitério Maldito”.

Nesta produção, somos convidados a conhecer a adaptação de Stephen King de 2013, com o mesmo nome que traz a continuidade da história da família Torrance. O diretor responsável por este desafio foi Mike Flanagan, que não age de maneira confusa, é fiel ao material no qual se baseia e gera uma continuação repleta de fan service da obra dos anos 80, “O Iluminado”. Na trama, Danny Torrance (Ewan McGregor) já adulto, mergulha no vício do álcool para esquecer os fantasmas do passado e em determinado momento toma a iniciativa de buscar ajuda contra essa situação que o aflige. Neste momento, em que sua vida tudo parecia estar tomando os rumos certos, seu caminho se cruza com o de uma jovem, Abra Stone, uma “iluminada” como ele, mas com um imenso poder e alvo do grupo “Verdadeiro Nó”, que descobre a jovem como uma fonte imensa de poder. O grupo é liderada por Rose (Rebecca Ferguson) e caça iluminados para nutrirem seus corpos e manter seus poderes.

O filme é constituído de uma boa atmosfera de suspense e não vemos muito o estilo do clássico de 1980. No entanto, os fãs irão curtir bastante as inúmeras referências e fan services. Percebe-se também a ausência de muitos jumps scares. A ideia de terror/suspense funciona de maneira alinhada às ótimas trilha sonora e fotografia, que nos transportam literalmente àquele universo. O visual da obra merece destaque, mais um ponto positivo. Mas o filme possui um roteiro que peca em alguns pontos, pois deixa algumas pontas soltas e não desenvolve determinadas estruturas que mereciam, ao meu ver, um maior aprofundamento. Não que isso atrapalhe a experiência como um todo.

Outro ponto que merece todos os aplausos é o excelente casting escolhido. Ewan McGregor (Danny Torrance) brilha em cena, demonstrando todas as camadas de seu complexo personagem e realmente nos convence que é aquele pequeno jovem do clássico que cresceu, amadureceu e precisa lidar com os fantasmas de seu passado. Rebecca Ferguson (Rose) nos hipnotiza, sua postura em tela mostra toda sua excelência. Mas aqui o ponto mais alto é a atriz mirim Kyliegh Curran que dá vida a Abra Stone.

Sua performance demonstra um tremendo nível de maturidade, trata-se de uma jovem com futuro promissor e sobre a qual ouviremos falar muito em premiações futuras. Já o astro mirim Jacob Trembley tem um papel bem curto na trama, mas podemos notar sua destreza e talento no seu papel, apesar do pouco momento em tela.

Confira o Trailer

 

 

 

 

Doutor Sono é uma grata surpresa que, quando termina, deixa aquele gosto de quero mais. Sem comparações com o clássico “O Iluminado”, o filme possui seus deslizes, mas no seu resultado final demonstra que é cativante, bem executado e grandioso como a obra do mestre Stephen King merece.

O filme chega aos cinemas no próximo dia 07/11, não percam galera!

NOTA : 8,0

LUAN RIBEIRO

 

 

 

ARTECULT – Cinema & Séries
Acompanhem-nos em nossas redes sociais:

@artecult , @cinemaecompanhia ,
@cabinesete ,  @cinestimado 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *