Banda ROCK FOREVER: O rock clássico dos The Beatles com uma pitada autoral

 

A banda Rock Forever” completa 10 anos de estrada e muita música. Ela é composta por Fernando Barros, Jô Estrada, João Torres, Ricardo Sato e Pedro Deliege, que mostram seu amor pelo universo musical e principalmente por uma das maiores bandas de todos os tempos, “The Beatles”.

João Torres, baixista da banda, revelou que a “Rock Forever” surgiu a partir da união de velhos amigos que sentiram vontade de homenagear os garotos de Liverpool. Então, por conta da paixão pela música dos Beatles, eles começaram a tocar, simples assim! E seu primeiro show foi realizado na Praia do Forte no litoral baiano.

Por causa da comemoração do aniversário de 10 anos da banda e dos 50 anos do álbum “Abbey Road” dos Beatles, o Artecult e o “Playlist a Três” não poderiam ficar de fora do show que ocorreu nesta sexta-feira, dia 6 de setembro, e que fez muita gente se emocionar, cantar junto e dançar bastante.

Porém, para tudo ficar melhor, acompanhamos a passagem de som da banda e nos bastidores conversamos com os integrantes, que nos receberam de braços abertos e tivemos uma longa conversa sobre música e a influência dos garotos de Liverpool até hoje.

“Se você ouvir um solo de guitarra distorcido no meio de uma balada, se você ver alguns truques de gravação, se pegar o disco como “Álbum Branco”, ele possui reggae, um pouco de heavy metal, tudo está ali é uma verdadeira escola. A discografia dos Beatles vale como um estágio”, afirma Jô Estrada, guitarrista e vocalista da banda.

Mesmo com todo amor por esses artistas, a “Rock Forever” nos contou qual é a música que eles mais gostam de tocar. João Torres, falou que ama “I Call Your Name”, mas Jô Estrada diz que “Revolution” é uma das que mais gosta, mas afirma que todas são boas e Ricardo Sato – guitarra e vocais – diz que “Something” é a preferida.

Contudo, como foi dito acima, o álbum “Abbey Road” está fazendo aniversário. “Mas porque esse álbum é tão emblemático e importante para a carreira dos “The Beatles”?” Jô Estrada não teve dúvidas sobre a resposta dessa pergunta e nos contou uma pequena história sobre:

“Ele é o último disco dos “The Beatles”. Foi lançado antes de “Let It Be”, sendo que a gravação foi feita antes. Mas quando eles fizeram o disco já tinha em mente que a banda acabaria, por isso ele possui uma carga emocional muito grande. George Martin que foi o produtor, só aceitou trabalhar com eles novamente se todos estivessem no projeto, porque nessa época o John Lennon não queria mais fazer parte, mas Paul assegurou que todos estariam juntos e assim foi feito o álbum”, relata o vocalista.

Outro ponto que trouxemos para falar sobre a importância dos garotos de Liverpool, é a ideia do filme “Yesterday”, que fala sobre um mundo onde não existe os Beatles. “Como será que a ‘Rock Forever’ ficaria sem uma das maiores bandas de todos os tempos?” A resposta foi simples, direta e unanime: Eles não seriam músicos!

E complementam dizendo que todo o universo sofreria com isso, pois Paul, Ringo, George e John não só influenciaram musicalmente, mas também são responsáveis por parte do comportamento de uma juventude inteira. Eles foram cruciais para o jeito de falar ou até mesmo de se vestir, eles tinham uma nova atitude em uma época onde os jovens presenciavam a guerra do Vietnã.

Por isso, o empresário tinha medo do que John Lennon poderia falar, até porque todos tinham as opiniões formadas sobre o que estava ocorrendo. Para ter uma noção da revolução que eles trouxeram, quando os Beatles foram tocar nos Estados Unidos, algumas cidades eram segregadas – separando os negros dos brancos – mas a banda “bateu o pé” e falaram :

“Se não tiver tudo misturado, A GENTE NÃO TOCA!”

Foram a primeira banda a fazer isso.

Sendo que ainda nem foi mencionado a parte comercial. Eles foram os pioneiros na produção de videoclipes, fazendo até mesmo desenho animado da banda nos anos 60! No fim da década, eles já eram um sucesso absoluto. Até perucas dos quatro iam para as lojas, e as pessoas compravam! Ricardo Sato até brinca falando que é uma ótima ideia para o carnaval.

Mas agora pulando para a parte mais esperada, “Qual o Beatle preferido de cada um?” Jô Estrada, diz que é John sem dúvidas, Ricardo Sato concorda como vocalista, mas quando eu conto que meu coração fica dividido entre Paul e George, ele diz que antes era sim, porém John se tornou o preferido. Já João Torres, afirma ser Paul e relata que ele é um dos maiores artistas da atualidade.

Por fim, quando perguntei “Qual música eles indicariam?”, “I Wanna Hold Your Hand” e “She Loves You” foram as escolhidas. Segundo eles “As duas são tocantes e saem faíscas quando você ouve. Além da gravação das duas ser fantástica”. Inclusive no show da “Rock Forever”, eles convidaram um grupo de meninas entre 13 e 16 anos – que estavam em outros shows da banda e sabiam todas as letras – a subir e cantar no palco. Mostrando que todas as idades podem amar e conhecer os “The Beatles”.

Quem nos acompanha nas redes sociais já conseguiu ver o quanto o show deles é incrível.

Além de cantar, contam histórias, fazem toda a plateia se divertir, além de levar todo mundo para dentro do espetáculo sem precisar subir no palco. Fernando Barros, Jô Estrada, João Torres, Ricardo Sato e Pedro Deliege, estão de parabéns e fazem um tributo fantástico a Paul McCartney, George Harrison, John Lennon e Ringo Starr.

Matéria de Larissa Vale do PlayList a 3

Visite nosso INSTAGRAM!

 

 

 

 

 

 

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

PLAYLIST A 3
A partir das conversas sobre seus artistas favoritos, bandas, histórias e bastidores do universo da música, surgiu o podcast "Playlist a Três" dos amigos Caio Costa, Jéssica Guanabara e Larissa Vale. Através de um bate papo descontraído sobre o que anda acontecendo na indústria musical, trarão informações, notícias, debates sobre assuntos relevantes, além de dicas sobre o que andamos escutando no momento. Um conteúdo exclusivo dos entendedores de música para os amantes de música.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *