No ‘Altas Horas’, Ivete Sangalo, Iza, Thiaguinho, Emicida, Pablo Vittar, Vanessa da Mata e Xanddy prestam homenagem ao grande Djavan

Na edição especial do ‘Altas Horas’, representantes dos mais variados estilos musicais – axé, samba, pop, pagode, rap, arrocha, MPB – se reúnem para cantar os sucessos de um dos maiores ícones da cena musical brasileira. Neste sábado, dia 30, o público vai ter a oportunidades de rever Ivete Sangalo, Iza, Thiaguinho, Pablo Vittar, Emicida, Vanessa da Mata e Xanddy em um programa dedicado inteiramente ao grande Djavan. “A primeira vez que eu vi o Djavan foi no Festival Abertura, no Teatro Municipal de São Paulo (1975). Eu tinha 20 e poucos anos. Foi a primeira vez que eu o vi e já adorei”, declarou Serginho Groisman, na época em que o programa foi exibido originalmente, em 2018.

Djavan, claro, é o convidado de honra e não fica de fora, marcando presença na atração para aplaudir e se emocionar com o gesto dos cantores. Afinal, os sete se declaram fãs absolutos de seu trabalho e repertório. Eles cantam os hits que o Brasil inteiro conhece e ama, como os clássicos “Flor de Lis”, “Sina”, “Um Amor Puro” e “Linha do Equador”.

No programa, os convidados revelam suas músicas favoritas e relembram as primeiras vezes em que encontraram com o ídolo Djavan depois que já tinham alcançado a fama. Thiaguinho, por exemplo, conta que ficou tão nervoso com o encontro que chegou a tentar evitá-lo, mas se diverte ao lembrar como o destino fez tudo acontecer, apesar de seus esforços: “A gente se encontrou em um hotel em Campinas. Eu fiz um show à tarde e ele tinha feito na noite anterior. Quando a minha van encostou, ele estava saindo do hotel. Então eu disse ‘para, não quero encontrar com ele, depois a gente vai, eu sou muito fã’. Só que ele esqueceu alguma coisa no hotel e voltou. A gente se reencontrou na entrada do elevador. Aí ele falou ‘Thiago!’. Eu pensei ‘Meu Deus, sabe meu nome!’. Batemos um papo. Depois, entrei no elevador, fui até o meu quarto, tive uma crise de choro e mandei mensagem para a família”, diz, entre risos. “Meus pais me deram essa herança. Os primeiros discos que eu mexi na minha casa eram dele”, completa Thiaguinho.

O ‘Altas Horas’ vai ao ar sábado, depois do ‘Zorra’.

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja. Visite: Instagram.com/PortalMariBarcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *