Kalima, uma editora que aposta nos quadrinhos brasileiros! Veja a nossa entrevista exclusiva com o seu diretor, Vagner Neubert

 

Em um mercado ainda pouco desenvolvido mas de imenso potencial como o das Histórias em Quadrinhos de Super-Heróis Brasileiros, faz-se importante o surgimento de editoras que acreditem e invistam nesse gênero.

Vagner Neubert – Foto Divulgação

Com certeza a Editora Kalima, do empreendedor Vagner Neubert , chegou para aquecer e agitar o cenário e promover a ampliação do público consumidor das HQs.

ENTREVISTA

Responsável por diversos lançamentos em parceria com autores do coletivo Sinerverso (@sinerverso), gentilmente concedeu-nos uma entrevista exclusiva, para dar mais detalhes de sua jornada.

1 – Quem é Vagner?

Essa pergunta é sempre difícil de responder. Vagner Neubert é pai, marido, filho, empresário… Tudo isso com um pouco de loucura misturada. Sou o louco da família, o que sempre tentou “ganhar a vida” com coisas diferentes do “padrão”. Nunca gostei de trabalhar formalmente, com carteira assinada, horário definido, acordar cedo e etc… Em 2016, quando minha filha tinha poucos meses de vida, pedi demissão do meu último emprego de carteira assinada. Foi uma loucura e abalou um pouco o casamento. Afinal, onde já se viu um pai largar o emprego pois queria ficar em casa curtindo e acompanhando o crescimento da filha?

Sem nenhuma ideia do que fazer, comecei a pesquisar e descobri o trabalho de homeoffice como redator de conteúdo web. Isso unia uma necessidade e uma paixão. Trabalhar em casa e escrever.

Encurtando a história, 5 anos depois, sou dono de uma Agência de Produção de Conteúdo Web, uma Editora e uma “mini” gráfica digital para quadrinhos.

2 – Pode falar da Kalima. Qual é a proposta da editora?

A Editora Nasceu devido a uma paixão de criança. Sempre quis produzir quadrinhos, mas nunca tive habilidade para desenho, isso me levou para o lado da escrita. A editora então nasceu da minha necessidade em produzir quadrinhos e fomentar o mercado brasileiro de quadrinhos.

Capa de Hobin Rude – Memórias de um Sidekick – Primeiro projeto de quadrinhos da Editora – Autor Hugo Maximo

3 – Qual sua relação com HQs e em especial com o gênero dos Super-heróis BR.

Meio que já respondi isso na pergunta acima. Cresci lendo HQs e Mangás. Nas HQs minha paixão sempre foi pela DC, em especial, Superman. Além da DC, lia HQs como Zagor, Tex e Mister No, além de Mangás, como Cavaleiros do Zodíaco. Cresci com a necessidade de criar as minhas próprias histórias. Lembro de escrever Fanfic de Cavaleiros do Zodíaco desde que tinha uns 12 anos.

Já os Supers BR, eu fui conhecer só ao passar dos meus 20 e poucos anos, com o crescimento da internet. Assim conheci alguns Heróis BR e fiquei encantado em saber que existiam pessoas fazendo as mesmas coisas que eu.

Capa Sombra D’Água – Autor Lancelott Martins – Projeto bem sucedido no Catarse e prestes a ser enviado aos apoiadores.

4 – Qual é a força e a fraqueza dos quadrinhos brasileiros.

A união é o ponto forte dos quadrinhos BR, todos se ajudam como podem, muitas vezes sem cobrar nada, só pelo amor ao quadrinho mesmo. A Fraqueza é a falta de investimento na área, somos um mercado independente muito pequeno, em termos de investimento e divulgação. Isso impede um crescimento contínuo ou mesmo exponencial e nos mantém dentro de uma bolha comercial.

Capa O Espartano – Autor Adriano Sapão – 1 de 3

5 – Qual é sua expectativa para 2022? O que esperar da Kalima? O que esperar do mercado como um todo?

Minhas expectativas são as melhores possíveis, tudo correndo bem, 2022 será o fim da pandemia e reabertura dos eventos presenciais, o que deverá ser um grande “boom”, uma vez que pessoal está ansioso por essa volta a “liberdade”.

Capa Almanaque Terror – Coletânea de Autores e desenhistas, organizado por Lancelott Martins.

Um efeito positivo da pandemia foi que o mercado online teve um grande crescimento em 2020/2021. Aconteceram muitas mudanças na forma de se vender online. Esse crescimento deve se manter para 2022.

Já da Kalima, podem esperar mais publicações de autores BR e também produções próprias da Editora… Temos um calendário de publicações que cresce a cada semana.

6 – Uma mensagem para todos os seguidores do ArteCuult / Quadrimundi.

Beta Max # 3 – capa – Autor Hugo Maximo

Invistam no mercado BR de quadrinhos e pensem não apenas no mercado interno, comecem a projetar suas histórias para alcançar o mercado exterior também. Com a internet e o mercado de streaming muita coisa se tornou possível. Não existem fronteiras físicas para a internet.

 

Se você ainda não conhece a Editora Kalima e seus lançamentos acesse :

Site: https://editorakalima.com
Reses Sociais: @editorakalima

Até a próxima !

#superheroisnacionaisquemapoiafazhistoria

ADALBERTO BERNARDINO

 

Clique AQUI e veja mais matérias sobre Quadrinhos, Mangás e Animações !

Siga-nos no Instagram : @QuadriMundi !

Conheça o DIA DO SUPER-HERÓI BRASILEIRO
www.diadosuperheroibrasileiro.com.br

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Adalberto Bernardino
Adalberto Bernardino é colecionador de história em quadrinhos, apaixonado pelo gênero de Super-heróis e em especial pela produção nacional. Colabora com a divulgação de material brasileiro por meio de resenhas é artigos, que expressam o seu prazer em consumir esse material. Colabora com sites e revistas eletrônicas. Recentemente criou o personagem Conector, em produção para sua estreia como roteirista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *