Merce Cunningham: centenário do mestre da dança foi comemorado em 3 cidades do mundo

 

Neste mês comemora-se o centenário de um dos maiores nomes da dança contemporânea, o coreógrafo norte-americano Merce Cunningham.

Nascido em 16 de abril de 1919, ela faria cem anos se fosse vivo. Ontem para celebrar a data, foi realizado o evento “Night of 100 Solos: A Centennial Event”, em três cidades do mundo, Londres, Nova York e Los Angeles, com transmissão direto via live streaming através do site www.mercecunningham.org

Merce Cunningham foi responsável por uma verdadeira revolução na dança em meados do século XX, através de um método de composição que exaltava o acaso e a artificialidade no movimento dançado. 

 

No lugar de encadeamentos lógicos e da dramaticidade,Cunningham optou por investir na aleatoriedade, que dava emergência ao que se chama de “movimento puro”, aquele que não tem a intenção de expressar algo.

 

O coreógrafo acreditava também que a dança deveria ser independente da música, por isso utilizava o som apenas como acompanhamento para suas coreografias, e não como condutor dos movimentos.

DANIELE CASTRO

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Daniele Castro
Daniele Castro estudou comunicação na Universidade do Estado do Rio de Janeiro e dança na Universidade Federal do Rio de Janeiro. Atuou como bailarina na Cia Étnica e, desde 2010, é pesquisadora de dança. Formou-se mestra em Estética e Tecnologias da Comunicação na Universidade Federal Fluminense e concluiu o doutorado no Programa de Pós Graduação em Comunicação e Cultura da UFRJ, com pesquisas sobre corpo e dança contemporânea. É autora de diversos artigos publicados em revistas especializadas e apresentados em congressos da área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *