crônica

Carta ao meu anjo

Carta ao meu anjo

  Mãe, desde que você partiu, existe uma longa sensação de luto. Começou ali mas se manteve quando tantos outros se despediram. Pais e mães. Filhos. Muita gente, mãe, porque a pandemia chegou. Houve um momento de muita esperança. Uma…
Algodão doce

Algodão doce

  Segunda semana da quarentena. Alguma coisa se aquietou em mim. Talvez não devesse ser assim. Ainda vivemos no caos. Estamos alguns dias atrás da Europa e assistimos à luta dos países surpreendidos pela pandemia. O mundo aprendeu que as…
Horizonte urbano

Horizonte urbano

Há quase duas décadas, havia uma tela na varanda do meu apartamento no Grajaú, entre meus olhos e a paisagem. A tela, um dia, protegeu a criança de riscos fatais e o coração dos pais dos sustos maiores. Mas desenhava…