No ar em ‘Além da Ilusão’, Evelyn Montesano conta, em entrevista exclusiva, mais sobre sua personagem e carreira

A atriz niteroiense Evelyn Montesano, é uma veterana nas novelas de época. ‘Além da Ilusão’ é o seu quarto trabalho com novelas desse gênero. No folhetim, que está no ar na Tv Globo, Evelyn da vida a personagem Celeste, uma das jogadoras do cassino Oásis.

Seu trabalho anterior foi  em“Salve-se Quem Puder”,  como a babá Zuleika. Uma das babás com quem Mosquito (Ygor Marçal) e Queen (Alice Palmar) aprontam e muito.  A carreia de Evelyn conta com outras passagens pela teledramaturgia da Rede Record, e “Salve-se Quem Puder” foi o quarto trabalho de Evelyn Montesano na telinha da Globo. Antes do atual folhetim, a atriz gravou “Rock Story”, “Orgulho e Paixão e “Pega Pega”.

Evelyn estreou na televisão aberta em 2016, na novela da TV Record em “Escrava Mãe”, antes disso tinha atuado da série de humor “Open Bar”, no canal fechado Multishow/Globosat. Sem ninguém na família do ramo artístico ela teve que batalhar para convencer a família aceitar e entender a sua escolha profissional.

Em 2021,  a atriz recebeu pela EP Produções,o prêmio Destaque e Personalidade por sua atuação no cenário artístico Nacional.

“Foi um grande presente! Agradeço imensamente à Tatiane Berlitz e à EP Produções e Eventos, uma empresa que premia talentos há mais de 32 anos, por esse reconhecimento. Não é fácil ser artista no Brasil. É uma luta enorme, para conquistarmos o nosso espaço, em um mercado tão competitivo quanto é o meio artístico, então, ganhar um prêmio como esse, definitivamente é uma grande honra.”

 

Confira abaixo uma entrevista exclusiva na íntegra com a atriz.

Como foi a sua preparação para viver a Celeste em ‘Além da Ilusão’?
Para ser bem honesta e sincera recebi o convite para fazer a personagem em uma sexta-feira e na segunda já comecei a gravar. Não tive muito tempo de preparação até começar a gravar. A produção de elenco confiou na minha experiência (o que me deixa muito lisonjeada) e no conhecimento prévio que tinha do meu trabalho na hora de me chamar e eu sou do tipo de pessoa que sempre quer retribuir e corresponder à altura. Nessa hora é você confiar em si mesma, na sua bagagem como atriz, “se jogar” e dar o melhor de si mesma em cena.

 Você chegou a estudar sobre pessoas viciadas em jogo? Fez algum laboratório?
Sim. O tema dos cassinos do Brasil já era do meu interesse antes mesmo do convite para a novela. Na época em que fiz a faculdade de Cinema e Vídeo na UFF (Universidade Federal Fluminense) vi vídeos da Carmem Miranda fazendo shows nos cassinos cariocas, tive acesso a fotos e li muito sobre o tema, inclusive vi jornais antigos com notícias de shows entre outras informações sobre o funcionamento dos cassinos, que ocorreu de forma legal no Brasil até 1946. Sobre a questão do vício em jogos, especificamente, também já tinha lido e visto filmes sobre o tema e depois do convite para a novela quis me aprofundar ainda mais e assistir a alguns documentários com depoimentos de viciados e ex-viciados, assim como de seus familiares. Agora, com o possível retorno do funcionamento dos cassinos de forma legal no Brasil, essa questão dos cassinos e vícios em jogos pode voltar a ser mais atual do que nunca.

Essa não é a sua primeira novela de época, certo? Conta um pouco mais sobre a sua experiência com novelas desse tipo.
Não. É a minha segunda novela de época na Rede Globo e o meu quarto trabalho de época no geral. Das sete novelas nas quais já trabalhei, quatro foram de época. Os produtores de elenco dizem que eu tenho perfil para esse tipo de produto. E eu adoro novelas do gênero! Acho que aquela coisa toda da caracterização, dos figurinos, dos cenários, no caso especificamente do cassino em ‘Além da Ilusão’ que é é tudo muito encantador, muito bonito, isso mexe muito com a gente e também com o público. Alegra nosso olhar! É uma delícia de fazer!

Como está sendo a experiência no set de gravação de ‘Além da Ilusão’?
Maravilhosa! Todo o elenco se dá muito bem, tem um entrosamento muito bom! Todos estão ali querendo fazer o melhor trabalho possível para contar uma linda história para o público. É muito bonito de se ver!
Fora que poder trabalhar com Paulo Betti, Alexandra Richter, Marcello Escorel, entre outros atores incríveis é, sem dúvida nenhuma, uma experiência fascinante. São grandes atores e também muito generosos com seus colegas de cena.

O setor artístico foi um dos mais afetados com a pandemia. Como foi para você a retomada desse setor?
Vejo a retomada do setor como um momento de muita alegria para toda a classe artística em geral. Todos estão com muita vontade de trabalhar e querendo aproveitar ao máximo as oportunidades que estão surgindo. Espero que a gente nunca mais viva um momento como vivemos durante o auge da pandemia. Foi um momento tenebroso da nossa história.

Evelyn Montesano – Foto e beleza: Aramis e Freitas

Falando em pandemia, em relação às artes e o trabalho, como foi esse período para você?
Foi péssimo no sentido de não poder trabalhar, de ser privada de fazer o que eu amo fazer, de não saber quando tudo iria voltar, de muitas incertezas, de ver o setor cultural parado, isso tudo foi muito triste. Além das incontáveis mortes, internações, eram só notícias ruins. Foi horrível nesse sentido! Porém, financeiramente falando, Graças a Deus, não tive problemas, pois além de ter outras fontes de renda fiz muitos trabalhos através das minhas redes sociais. Mas tenho total consciência que para a classe artística, em geral foi péssimo. Para quem não tinha outros recursos, foi assustador. Não gosto muito de falar sobre isso, mas ajudei muitos amigos que passaram necessidades. Psicologicamente falando também foi um momento horrível, creio que para a imensa maioria. Espero que a gente nunca passe por isso de novo em nossas vidas.

Além de estar gravando a novela, você tem algum outro projeto em que esteja trabalhando ou se preparando?
No momento estou totalmente focada na novela. Receber o convite para ‘Além da Ilusão’ foi um grande presente e quero estar focada para entregar o melhor de mim e trabalho possível. Sou, definitivamente, uma apaixonada por televisão e pela arte de contar histórias!

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *