Lidera quem pode, se inspira quem quer evoluir

Foto: Smartworks Coworking (Unsplash)

 

Nunca se ouviu falar tanto de liderança como nos últimos tempos.
Aliás liderança, perfis de liderança, comportamento dos líderes, são temas que estão sempre em pauta!

O que muda sempre são as características demandadas dos líderes.

Resgatei conceitos de 2005, no livro “Líder do Futuro – A Transformação em Líder Coach”, do Arthur Diniz, onde ele retratava o perfil da liderança de antigamente nas empresas como autoritário, com os chefes mandando e os subordinados obedecendo.
O famoso lema em grande parte das corporações era “Manda quem pode, obedece quem tem juízo”.

Nessa época não havia a necessidade de se motivar pessoas para ter sucesso nas empresas. Bastava mandar as pessoas executarem as tarefas necessárias.

Hoje ainda é possível encontrar nas empresas “líderes” que se utilizam de autoritarismo e ameaças, ainda no comando e controle, são os famosos líderes tóxicos, que estão por aí desafiando as evoluções e gerando os altos índices de “burn-out” e as demissões e/ou transições para empresas cujas culturas organizacionais promovem o respeito, a individualidade dos profissionais, a potencialização de cada talento e habilidade e o engajamento de equipes em prol dos resultados em que todos acreditam.

Mas as empresas já começaram a acordar e a expurgar esses profissionais.

No agora, a eficácia de um líder depende mais da capacidade de motivar e inspirar pessoas do que da capacidade de tomar decisões e ordenar.

A valorização do autoconhecimento, do equilíbrio, do bem-estar de todos, do reconhecimento das emoções e do zelo por ambientes de trabalho saudáveis, é o destaque que empresas de vanguarda estão conquistando.

São as empresas que querem o crescimento exponencial, que buscam profissionais de ponta, não só com os hard skills mas com os famosos soft skills comportamentais.

São líderes que sabem quais são seus pontos fortes e fracos, suas oportunidades e suas ameaças, entendem que podem controlar suas emoções e, com isso, gerenciar a própria motivação e a dos seus seguidores.

Foto: KOBU Agency / Unsplash

São influenciadores!

São lideranças que tem a capacidade de agir e promover a ação de todos, transformando o fracasso em feedback construtivo, com fatos e dados, lições aprendidas para os próximos passos, assumindo erros e tendo credibilidade.

É um profissional que reconhece as próprias falhas e pede desculpas, assumindo a responsabilidade pelos erros de sua equipe e repassando os créditos do sucesso aos seus seguidores.

Não buscam culpados, não precisam ouvir desculpas, não apontam o dedo exigindo responsáveis por falhas.

A maior e melhor característica presente nessas lideranças é a credibilidade!

Ser confiante, ter confiança e ser confiável!

É o líder que cumpre o prometido aos seus liderados, mesmo que isso signifique desgaste com os superiores.

Ser transparente, ter escuta ativa e atenção plena a cada um, em cada momento, ser disponível e estar presente.

Permitir que todos exponham seus pontos de vista, promover debates de novas ideias, ousar em criatividade e ser aberto e flexível aos múltiplos papéis, às infinitas possibilidades.

E como todo bom líder, ser instigador, provocador, liderando por meio de perguntas e não de respostas, colocar-se em condição de igualdade com seus liderados, acreditando que cada um tem um potencial ilimitado.

O líder que é seguro, humilde em suas vulnerabilidades, e se coloca em uma posição de igualdade com seus seguidores sem medo de ser desrespeitado, superado ou desqualificado, possue três qualidades marcantes: autoconfiança, paixão pelo que faz e amor pelas pessoas.

Se você almeja ser esse líder há muitas formações e dicas de leituras atuais, como por exemplo os títulos de Simon Sinek (Líderes se servem por último), Sheryl Sandberg (Faça acontecer), Fred Kofman (Liderança & Propósito), dentre outros.

Se você tem o ideal de ser uma liderança inspiradora, medite sobre quem te inspira hoje, sobre as lideranças que podem ser exemplos para você e sobre que características esses líderes possuem que te atraem.

Se você busca potencializar seus resultados enquanto líder, compor ou acelerar seu desenvolvimento nos skills de liderança, contrate um mentor!

Faz toda a diferença!

Para mais artigos visite o Portal Projetando Pessoas: www.projetandopessoas.com.br

 

SANDRA PORTUGAL
Projetando Pessoas
www.projetandopessoas.com.br
Siga @projetandopessoas no Instagram

 

 

 

 

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Head da Projetando Pessoas há 12 anos, Empresa de prestação de serviços em coaching, mentoria de executivos e empresários, consultoria em gestão e empreendedorismo, eventos e palestras, com a missão de inspirar e desenvolver pessoas. Projetar Pessoas! Editora do Portal de Conteúdos www.projetandopessoas.com.br Matemática de formação, graduada pela UFRJ, mestrado em Engenharia de Sistemas pela COPPE-UFRJ, MBA em Gestão de Negócios (FAAP-SP) e Gestão Avançada APG – Amana Key. 38 anos de experiência em posições executivas em grandes empresas, respondendo por gestão de pessoas, governança de processos e projetos complexos, tendo atuado em projetos de Transformação Digital e inovação. Sou Coach certificada pela Sociedade Brasileira de Coaching, Palestrante formada pelo INAP(Instituto de Neurociências Aplicada) com sólido portfólio de palestras realizado em eventos corporativos e workshops de liderança. Certificada Positive Practioner & Trainer pelo Instituto Felicidade é Ciência, atuo com Positive Coaching e Formação de Lideranças Positivas, baseados na Ciência da Felicidade e na Psicologia Positiva. Co-autora do Livro Liberte seu Poder, Editora Leader (2015), presença no Livro Undeterred (USA-2015) e autora de artigos periódicos em Portais de Negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *