Escritoras negras lançam ‘Cartas para Esperança’ no Salão Carioca do Livro

Escrito por 85 mulheres negras, o livro “Cartas para Esperança” (Editora Malê), idealizado pela Flup, é um dos principais lançamentos da 4ª edição da LER — Salão Carioca do Livro, no Píer Mauá. No dia 15 de maio (domingo) haverá tarde de autógrafos das autoras, 22 delas moradoras de conjuntos habitacionais e comunidades de Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio, e debate sobre a obra, a partir das 16h até as 19h. A siderúrgica Ternium, uma das patrocinadoras da LER e do projeto do livro, tem sua usina localizada também em Santa Cruz, onde trabalham 8 mil funcionários.

Organizado por Julio Ludemir, diretor da Flup, o livro é uma homenagem das escritoras a Esperança Garcia, negra e escravizada que, em 6 de setembro de 1770, escreveu uma carta ao governador do Piauí denunciando a violência sofrida por ela e pelas companheiras e descrevendo os maus-tratos impostos pelo administrador da fazenda.

Dividido em três capítulos, o livro traz cartas escritas pelas autoras negras e, também, depoimentos de histórias de vida de mulheres que se fundem à história do bairro de Santa Cruz.

“Um dos nossos compromissos é valorizar a cultura no Rio de Janeiro e no país, incentivar a educação e, assim, valorizar também a importância da leitura e dos livros como ferramentas para alcançarmos um desenvolvimento sustentável. E o Salão Carioca do Livro é um encontro que estimula a diversidade e a Economia Criativa. O livro ‘Cartas para Esperança’ é também motivo de enorme orgulho para toda a comunidade de Santa Cruz, mostrando a potência criativa das mulheres da região”, diz a Gerente de Relações com a Comunidade da Ternium, Fernanda Candeias.

Uma das autoras de “Cartas para Esperança”, Adriana Veridiana, de 46 anos, moradora de Santa Cruz, é também coordenadora do Coletivo As MariAmas e ativista nas questões feministas e raciais. Ela participou no ano passado do projeto da Flup de formação das autoras da região, coordenado por Luciana Diogo, que resultou no livro. Formada em ciências sociais, Veridiana, que é guarda municipal, comemora a chegada do livro.

“Sempre gostei de escrever. O projeto do livro mostra a força das mulheres, o quanto podemos produzir e fazer a diferença no próximo. Somos sementes que brotam, renascem e fazem outras vidas germinar”, afirma Veridiana, que agora sonha em escrever um novo livro.

Julio Ludemir conta que o projeto da Flup foi precedido pelo mapeamento de líderes comunitárias negras de Santa Cruz, para resgatar a história e a memória dos conjuntos habitacionais e comunidades da região. E as autoras das cartas do livro são desde mulheres jovens até idosas.

“Há um encontro geracional. O Brasil está descobrindo o Brasil, e essa descoberta está sendo feita pelas pessoas negras e, em particular, pelas mulheres. É preciso haver o encontro da literatura brasileira com o seu próprio povo”, conclui o diretor da Flup e organizador do livro.

Sobre a Ternium

A Ternium é a maior siderúrgica da América Latina e, desde 2017, opera o maior centro industrial na cidade do Rio de Janeiro, em Santa Cruz. A usina tem capacidade de produção de cinco milhões de toneladas de placas de aço por ano, com alto nível de sofisticação que atende indústrias nos EUA, México, Brasil e Europa. A empresa possui cerca de 8 mil funcionários, sendo que mais de 60% são moradores da Zona Oeste do Rio de Janeiro. A Ternium investe mais de R$ 10 milhões por ano no desenvolvimento socioeconômico de Santa Cruz e região, por meio de projetos sociais, com foco em educação, que atendem a mais de 9 mil pessoas diretamente.

SERVIÇO 

Lançamento do livro “Cartas para Esperança” (Editora Malê, Flup)

  • Evento: 4ª LER — Salário Carioca do Livro (Festival do Leitor)
  • Data: 15 de maio, domingo
  • Horário: 16h às 19h
  • Local: Palco Voz e Vez, localizado no armazém 4 do Píer Mauá

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *