CCXP22 celebra o retorno presencial com milhares de fãs e muitas surpresas

Com público vibrante, o Palco Thunder by Cinemark Club recebeu Fernando Meirelles, Jim Starlin e Alexander Ludwig, além de ter se surpreendido com um painel surpresa com a presença de Bruno Gagliasso e Almir Surui.

Crédito: I Hate Flash

Roberto Fabri, VP de conteúdo e um dos curadores da CCXP, comemora a chegada do evento: “o épico está de volta! Reencontrar nosso público e receber os novos visitantes é incrível, mágico. A CCXP22 está só começando e muitas novidades estão por vir.” celebra Fabri.

O cineasta Fernando Meirelles abriu o Palco Thunder da CCXP22 com um painel em homenagem ao seu trabalho e aos 20 anos de “Cidade de Deus”. Aclamado pelo público, foi homenageado pela CCXP22. Ao falar sobre filmes de heróis, Meirelles anunciou que está trabalhando, junto a O2 produtora, em um projeto de adaptação do Cidadão Incomum, um super-herói brasileiro. Na sequência, a produção e atores de Cidade de Deus, Andrea Barata Ribeiro, Daniel Rezende, César Charlone, Braulio Mantovani, Alexandre Rodrigues e Seu Jorge, se juntaram ao cineasta no palco, que também comentou sobre um spin-off de ‘Cidade de Deus’, versão em série para streamings, que seria uma versão do longa atualizada, mas ainda em fase de produção de roteiro.

Crédito: I Hate Flash

Logo depois, com o objetivo de conscientizar o público do Palco Thunder by Cinemark Club, foi anunciado um painel surpresa em parceria com a O2 sobre “como o entretenimento pode ajudar a salvar a Amazônia”. Bruno Gagliasso e Almir Surui deram spoiler de um projeto do ator com Meirelles, já em produção na Amazônia e que conta a história do primeiro grupo armado da região.

O terceiro painel do dia trouxe Jim Starlin, considerado um “Deus” dos quadrinhos, responsável por criar diversos heróis e vilões espaciais da Marvel, além de todo um universo próprio com seu herói intergaláctico, Dreadstar. O apresentador Marcelo Hessel conduziu o papo com o quadrinista e conversaram sobre o “filho” mais amado e odiado de Jim pelo público, Thanos.

Na sequência começou o painel com a presença de Alexander Ludwig, o ‘Björn Ironside’, de Vikings. Emocionado com o carinho do público brasileiro, Alexander disse que não esperava tamanha recepção e disse que o brasileiro é o melhor tipo de fã do mundo. O ator também aproveitou a conversa para falar sobre o seu projeto mais recente, a série ‘Heels’, em que interpreta Ace, um astro do Wrestling. O encerramento foi um tanto quanto inusitado com uma apresentação de Wrestling no palco, pegando todos de surpresa, inclusive o canadense.

No estúdio oficial do Omelete, o Palco Omelete By Next, um dos grandes destaques foi a participação de parte do elenco de “Cidade de Deus” no espaço. O ator e cantor Seu Jorge comemorou o sucesso do filme até hoje: “O interesse do jovem é o interesse pelo progresso do país. Na época eu não entendia o que era representatividade e o filme representa uma parte enorme da população que não tem voz, direito, seu espaço público. Ver a juventude que não necessariamente já tinha nascido nesta época, conservando isso, é uma certeza que me dá de que as nossas histórias têm muita força.”, conclui o artista.

No Artists’ Valley by Chiaroscuro Studios já era possível ver logo cedo o público fazendo fila para conferir de perto o trabalho dos maiores quadrinistas do Brasil e do mundo. Ao longo da tarde, os fãs conferiram as conversas de Yanick Paquette, Greg Tocchini, Tony Harris, Leonardo Romero, Dan Mora, Ivan Reis, Jim Cheung, RB Silva e Jog.

No palco Bentô, os fãs da cultura asiáticacurtiu um espaço próprio com apresentações, debates e muito conteúdo sobre o universo da cultura japonesa e leste-asiática, anime, mangá, cosplay e k-drama. No primeiro painel do dia, os artistas Israel Guedes, Iara Naika, Hataoh e Cah Poszar contaram um pouco sobre os desenvolvimentos dos mangás brasileiros. Com o espaço lotado, fãs parabenizam a CCXP22 pela organização de um local próprio para a cultura e valorização desse segmento. Durante o painel ‘Life Style Otaku’, o palco recebeu os podcasters Helen Damarchi, Pedro Lobato, Gi Vallin e Renan Rodrigues em um papo alto astral sobre a cultura asiática e os preconceitos existentes na sociedade.

Já no Palco Ultra, ‘Nerdcast RPG: A lenda de Ghanor’ trouxe comentários sobre as coleções de RPG do podcast Nerdcast, histórias de bastidores e anúncios a respeito de novos projetos do grupo – entre eles uma trilogia de RPG com lançamento no próximo 30 de dezembro, uma história especial para o personagem Ruprest e um jogo de videogame para 2023. Logo depois, aconteceu a conversa ‘Conrad: Presente, passado e futuro’, em que os participantes ressaltaram o projeto da editora chamado ‘HQs Para Todos’, uma iniciativa que teve seus dois primeiros lançamentos realizados na CCXP22, e disponibiliza quadrinhos impressos e digitais a preços populares.

No palco Creators a abertura ficou com o Gato Galáctico, que convidou o público para participar de jogos em que cada vencedor ganhava um livro autografado. A segunda apresentação ficou por conta do Thiago Pantaleão, que aproveitou a CCXP22 para divulgar com exclusividade o clipe da música ‘Konoha’, de seu álbum recém-lançado ‘Fim do Mundo’. Na sequência, o público se reuniu para ver o tradicional desfile de cosplay, com 25 artistas participantes. Três pessoas foram classificadas como Melhor Identidade, Melhor Apresentação e Melhor Cosplay, e ganharam ingressos para os quatro dias da próxima edição da CCXP. Paula Annunciato Fabris, cosplayer há 24 anos, uma das vencedoras do concurso, celebrou o resultado: “Eu fiz o cosplay da ‘Feiticeira Branca’, de ‘As Crônicas de Nárnia’, um cosplay bastante trabalhoso, que envolveu diversas técnicas. Fico muito feliz de o pessoal ter considerado e ter ganhado a premiação. É um esforço todo que valeu a pena. Vai ter CCXP23 e vamos com tudo com novos cosplays e novas técnicas.”

A Arena Podcast estreou na CCXP22 com dois programas sobre diversidade. O primeiro trouxe o protagonismo e a força de personagens femininas em filmes e séries, além da importância de mulheres serem representadas não como figuras fragilizadas, mas como peças poderosas e importantes para a história. Em seguida foi a vez de falar sobre a disruptividade de personagens com o mesmo perfil, trazendo diferentes características étnicas, religiosas e sexuais para que as histórias se tornem mais representativas e plurais. Logo depois, a galera do ‘Ciência Sem Fim’ bateu um papo com o influencer e divulgador científico Renato Tuma, dono do instagram “achei saturno”, sobre descobertas e novidades sobre o espaço.

A Tribo Game Arena da CCXP22 recebeu uma intensa disputa de Warzone 2.0, com uma live simultânea conduzida pelo maior streamer do Brasil, Gaules com transmissão na plataforma Twitch. A partida foi acompanhada por uma grande plateia que vibrava a cada jogada: “A Arena está muito bonita e os jogadores são muito bons”, disse Vitor Porto, 24 anos. A Equipe Rafild foi a grande vencedora e os times Vieira e Lukinas, respectivamente, ficaram com a segunda e a terceira posições. “Muito feliz por participar desse campeonato, é bem diferente do que jogar em casa. É um jogo muito bom e que o pessoal vai ter que aprender a jogar de um jeito diferente”, disse o capitão Rafild.

Sobre a Omelete Company 

Maior conglomerado dedicado aos fãs de cultura pop do Brasil, a Omelete Company utiliza seu site, redes sociais e parceiros para atingir mensalmente mais de 15 milhões de pessoas ávidas por novidades dos mundos do cinema, séries de TV, games, música e histórias em quadrinhos, com textos, vídeos e posts nas redes sociais. Fazem parte da Omelete Company as marcas Omelete, The Enemy, CCXP, BIG Festival, Gaules e Game XP.

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *