AC Literatura Convida : PAULO REIS

Paulo Reis – Foto: Divulgação

Hoje, no projeto AC Literatura Convida, nossa colunista Ana Lúcia Gosling (@analugosling) nos traz dois poemas de Paulo Reis (@pauloreisnf): “O Homem e A Terra” e “Musical”.

 

O HOMEM E A TERRA

 

Forneces-me o alimento

Devolvo-te o excremento

Cuspo e te piso

Corto tuas veias

E bebo o teu sangue

Arranco teus membros

Visto-te com roupas impermeáveis,

Impedindo que te banhes e respires.

 

Mas suportas calada!

Porque sabes que um dia

Render-me-ei a teus pés,

Vestindo o que te arranquei,

Para que me engulas.

Então, serei pó

E como pó, 

Sentirei o que sentes!

 

 

MUSICAL

 

      para Tanussi Cardoso

 

Entona-se a voz

vívidos versos

sintonia fina

floreando o espaço

dança das palavras

sob a regência do poeta.

 

 

Paulo Reis – Foto: Divulgação

Minibiografia do Autor:

PAULO REIS, 1964, é natural de São José do Ribeirão, Bom Jardim-RJ, e radicado em Nova Friburgo desde 1985. Formou-se em Letras pela Faculdade de Filosofia Santa Doroteia. Possui poemas publicados em diversas coletâneas, e-books, jornais, sites e redes sociais. Em 2003, seu poema FRIBURGO foi recitado na abertura do desfile cívico-militar em comemoração aos 185 anos da cidade, e em 2004, pelo cantor Elymar Santos, durante um showmício. Participou, como poeta convidado, da revista Academia, edição comemorativa dos 60 anos da Academia Friburguense de Letras, em 2007. Seus versos estão inscritos, também, no Memorial do Professor, na Praça do Suspiro, da cidade onde reside. Seu poema BUSCA foi parte integrante das intervenções em lambe-lambe do Festival Sesc de Inverno 2021. 

REDES SOCIAIS (Facebook, Instagram e YouTube): @pauloreisnf 

 

 

 

 

Author

Ana Lúcia Gosling se formou em Letras (Português-Literatura) em 1993, pela PUC/RJ. Fixou-se em outra carreira. A identidade literária, contudo, está cravada no coração e o olhar interpretativo, esgarçado pra sempre. Ama oficinas e experimenta aquelas em que o debate lhe acresça não só à escrita mas à alma. Some-se a isso sua necessidade de falar, sangrar e escorrer pelos textos que lê e escreve e isso nos traz aqui. Escreve ficção em seu blog pessoal (anagosling.com) desde março de 2010 e partilha impressões pessoais num blog na Obvious Magazine (http://obviousmag.org/puro_achismo) desde junho de 2015. Seu texto “Não estamos preparados para sermos pais dos nossos pais” já foi lido por mais de 415 mil pessoas e continua a ser compartilhado nas redes sociais. Aqui o foco é falar de Literatura mas sabe-se que os processos de escrita, as poesias e os contos não são coisa de livro mas na vida em si. Vamos falando de “tudo” que aguçar o olhar, então? Toda quarta-feira, aqui no ArteCult, há texto novo da autora. Redes Sociais: Instagram: @analugosling Facebook: https://www.facebook.com/analugosling/ Twitter: https://twitter.com/gosling_ana

8 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *