Um Lugar Ao Sol – Andréia Horta fala sobre sua personagem, Lara, o grande amor de Christian

A atriz comenta o novo trabalho: “Tenho muita alegria de estar com a Lara neste momento da vida porque ela é muito leve, luminosa”

Christian (Cauã Reymond) e Lara (Andréia Horta) – Foto: Globo/Fabio Rocha

No instante em que Christian (Cauã Reymond) conhece Lara (Andréia Horta), logo no primeiro capítulo de ‘Um Lugar ao Sol’, a próxima novela das nove da TV Globo, o encanto é imediato. Formada em Gastronomia e muito determinada, a jovem é neta de Noca (Marieta Severo), com quem tem uma relação de muita cumplicidade.

A luz que Lara irradia conquista Christian e ele logo se dá conta de que o que sente é amor, algo que nunca experimentara. O sentimento é recíproco e os dois vivem uma paixão intensa. Ravi (Juan Paiva), que incialmente se interessa por Lara, entende que a vaga no coração dela já está preenchida por seu melhor amigo e apoia o casal.

Durante algum tempo, Christian chega a pensar em desistir da busca pelo irmão gêmeo de quem foi separado na infância. Antes, seus objetivos no Rio de Janeiro se resumiam a resgatar esse fio perdido do passado. Agora, Lara preenche todos os espaços e a vida dele ganha um novo sentido.

Lara (Andréia Horta) – Foto: Globo/Fabio Rocha

O acaso, no entanto, vai se interpor entre o casal. Quando finalmente decide seguir em frente, Christian se vê diante de Renato, o irmão que por tanto anos procurou. Como numa peça pregada pelo destino, Renato, o gêmeo que cresceu criado por uma família rica do Rio de Janeiro, morre logo após esse reencontro. Mesmo abalado, Christian, que cresceu em um orfanato e estudou apenas até o ensino médio, vislumbra a possibilidade de finalmente ter tudo o que lhe foi negado ao longo da vida. Assim, ele assume a identidade do irmão, abrindo mão Lara, seu grande amor.

‘Um Lugar ao Sol’ é uma novela criada e escrita por Lícia Manzo, com direção artística de Maurício Farias e com direção geral de André Câmara e Maurício Farias.

Entrevista com Andréia Horta

Como você define a sua personagem, Lara?
A Lara ficou órfã ainda criança, quando os pais morreram em um acidente de carro, e foi criada pela avó materna, a Noca, personagem da Marieta Severo. Lara é uma personagem muito bonita, com uma honra e uma integridade muito grandes. Tenho muita alegria de estar com ela neste momento da vida porque a Lara é muito leve, luminosa.

Noca ( Marieta Severo) – Foto: Globo/João Miguel Júnior

Como é a relação da Lara a com a avó, Noca?
A Lara e a Noca se amam e se bicam muitíssimo, porque a vó é uma perdulária, enquanto a Lara é supercertinha, supercorreta, tem valores inegociáveis. A Noca é uma personagem superousada. A Lara fez Gastronomia, seguindo os passos da avó, que cozinha muito bem. A avó tem essa bandeira de reaproveitamento de alimentos, de não desperdiçar nada, tanto que elas vão virar sócias em um restaurante. Elas se amam profundamente, se aconselham, seguram a onda uma da outra e brigam também. Brigar faz parte do amor.

Fale um pouco sobre Lara e Christian.
No primeiro capítulo, a Lara conhece o Christian e eles se apaixonam. Quando ele é dado como morto e toma o lugar do irmão, ela perde seu grande amor e sofre esse luto. Lentamente, a Lara tenta refazer a vida ao reencontrar um namorado de adolescência, o Mateus, interpretado brilhantemente pelo Danton Mello. Ela, no entanto, nunca esqueceu o Christian, que é o maior amor que ela tinha vivido até então.

E o Ravi, como entra na vida dela?
A Lara trabalha em um restaurante onde o Ravi também vai trabalhar. Ele fica encantado com aquela mulher, aceita o convite para ao aniversário dela e chama o Christian para ir junto. Só que na festa a Lara e o Christian se conhecem e se apaixonam. Então a Lara conhece o Christian por meio do Ravi. Esse trio acaba tendo uma amizade muito forte.

Como foi para você gravar a novela durante a pandemia?
Eu atuo desde criança, mas sem dúvida que esse momento foi o mais desafiador, por estarmos no meio de uma pandemia. Para retratarmos a relação da Lara e da Noca, por exemplo, que é de amor e de muito carinho, com abraços e beijos, nós ficamos estudando dentro do protocolo o que era o mais seguro. Ao mesmo tempo, atuar ganha outra dimensão. Muitas pessoas ainda estão em casa, o medo ainda está aí, e de repente você entende que precisa sair de casa, tem que atuar, contar histórias, falar das relações humanas, das desigualdades sociais num país como o nosso. Sair de casa com uma personagem tão íntegra, tão incorruptível como a Lara, faz tudo valer.


Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

maribarcelos
Jornalista por paixão. Música, Novelas, Cinema e Entrevistas. Designer de Moda que não liga para tendência. Apaixonada por música e cinema. Colunista, critica de cinema e da vida dos outros também. Tudo em dobro por favor, inclusive café, pizza e cerveja. Visite: Instagram.com/PortalMariBarcelos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *