Confira a seleção dos filmes da 43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo

Pôster Oficial da 43ª Mostra Internacional de SP – Artista – Nina Pandolfo

43ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, que acontece entre 17 e 30 de outubro, vai exibir 326 títulos. Os filmes selecionados para a edição estão divididos entre as seções Retrospectiva, Homenagens, Apresentações Especiais, Realidade Virtual, Competição Novos Diretores, Mostra Brasil e Perspectiva Internacional.

Abaixo, veja a lista completa das obras selecionadas.

Retrospectiva: Olivier Assayas

A CRIANÇA DO INVERNO / WINTER’S CHILD, de Olivier Assayas (FRANÇA)

ACIMA DAS NUVENS / CLOUDS OF SILS MARIA, de Olivier Assayas (FRANÇA, ALEMANHA, SUÍÇA)

ÁGUA FRIA / COLD WATER, de Olivier Assayas (FRANÇA)

CARLOS, O CHACAL / CARLOS, de Olivier Assayas (FRANÇA)

CLEAN, de Olivier Assayas (FRANÇA, CANADÁ, REINO UNIDO)

DEPOIS DE MAIO / SOMETHING IN THE AIR, de Olivier Assayas (FRANÇA)

DESORDEM / DISORDER, de Olivier Assayas (FRANÇA)

ELDORADO, de Olivier Assayas (FRANÇA)

ESPIONAGEM NA REDE / DEMONLOVER, de Olivier Assayas (FRANÇA)

HORAS DE VERÃO / SUMMER HOURS, de Olivier Assayas (FRANÇA)

IRMA VEP, de Olivier Assayas (FRANÇA)

NOISE, de Olivier Assayas (FRANÇA)

PERSONAL SHOPPER, de Olivier Assayas (FRANÇA)

STOCKHAUSEN / PRELJOCAJ (DIÁLOGOS) / STOCKHAUSEN / PRELJOCAJ (CONVERSATION), de Olivier Assayas (FRANÇA)

VIDAS DUPLAS / NON-FICTION, de Olivier Assayas (FRANÇA)

WASP NETWORK, de Olivier Assayas (FRANÇA, BRASIL, ESPANHA, BÉLGICA)

Homenagem: Amos Gitai

BERLIM-JERUSALÉM / BERLIN-JERUSALEM, de Amos Gitai (FRANÇA, ISRAEL, ITÁLIA, HOLANDA, REINO UNIDO)

KADOSH – LAÇOS SAGRADOS / KADOSH, de Amos Gitai (ISRAEL)

Homenagem: Elia Suleiman

CRÔNICA DE UM DESAPARECIMENTO / CHRONICLE OF A DISAPPEARANCE, de Elia Suleiman (PALESTINA)

INTERVENÇÃO DIVINA / DIVINE INTERVENTION, de Elia Suleiman (FRANÇA, PALESTINA)

O PARAÍSO DEVE SER AQUI / IT MUST BE HEAVEN, de Elia Suleiman (FRANÇA, CATAR, ALEMANHA, CANADÁ, TURQUIA, PALESTINA)

Vão-Livre do Masp

O MÁGICO DE OZ / THE WIZARD OF OZ, de Victor Fleming (EUA)

PROGRAMA MÉLIÈS E PRIMÓRDIOS DO CINEMA BRASILEIRO, de Georges Melies (FRANÇA)

SLAM: VOZ DE LEVANTE / SLAM: SWORDED WORDS, de Tatiana Lohmann, Roberta Estrela D`Alva (BRASIL)

TODAS AS CANÇÕES DE AMOR / LISTEN TO ME, de Joana Mariani (BRASIL)

Sessão no Parque Ibirapuera

O GABINETE DO DR. CALIGARI / THE CABINET OF DR. CALIGARI, de Robert Wiene (ALEMANHA)

Filme de Encerramento

DOIS PAPAS / THE TWO POPES, de Fernando Meirelles (EUA, REINO UNIDO, ITÁLIA, ARGENTINA)

Programas Especiais

 

Revisitando Luiz Rosemberg Filho

BOBO DA CORTE / JESTER, de Luiz Rosemberg Filho (BRASIL)

CRÔNICA DE UM INDUSTRIAL, de Luiz Rosemberg Filho (BRASIL)

O JARDIM DAS ESPUMAS, de Luiz Rosemberg Filho (BRASIL)

Cinema Alemão: por Mariette Rissenbeek

À ESPERA DE TURISTAS / ALONG COME TOURISTS, de Robert Thalheim (ALEMANHA)

AS MULHERES DA ROSENSTRASSE / THE WOMEN OF ROSENSTRASSE, de Margarethe von Trotta (ALEMANHA, HOLANDA)

CONTRA A PAREDE / AGAINST THE WALL, de Fatih Akin (ALEMANHA, TURQUIA)

HANAMI – CEREJEIRAS EM FLOR / CHERRY BLOSSOMS – HANAMI, de Doris Dörrie (ALEMANHA)

NADA DE MAU PODE ACONTECER / NOTHING BAD CAN HAPPEN, de Katrin Gebbe (ALEMANHA)

O ESTRANHO EM MIM / THE STRANGER IN ME, de Emily Atef (ALEMANHA)

OH BOY, de Jan-Ole Gerster (ALEMANHA)

PHOENIX, de Christian Petzold (ALEMANHA)

TODOS OS OUTROS / EVERYONE ELSE, de Maren Ade (ALEMANHA)

VERÃO EM BERLIM / SUMMER IN BERLIN, de Andreas Dresen (ALEMANHA)

Restauração

SATANTANGO, de Béla Tarr (HUNGRIA, SUÍÇA, ALEMANHA)

Apresentação Especial

A VIDA INVISÍVEL / THE INVISIBLE LIFE, de Karim Aïnouz (BRASIL, ALEMANHA)

AMAZÔNIA SOCIEDADE ANÔNIMA / AMAZON UNCOVERED, de Estêvão Ciavatta (BRASIL)

AMBULATÓRIO ATRAVÉS DA POESIA DE AUGUSTO DOS ANJOS E ANTÓNIO NOBRE / AMBULATORY THROUGH THE POETRY OF AUGUSTO DOS ANJOS AND ANTÓNIO NOBRE, de Pedro Bastos (PORTUGAL)

ANTEU, de João Vladimiro (PORTUGAL, FRANÇA)

AS PROTAGONISTAS, de Tatá Amaral (BRASIL)

BABENCO – ALGUÉM TEM QUE OUVIR O CORAÇÃO E DIZER: PAROU / BABENCO – TELL ME WHEN I DIE, de Bárbara Paz (BRASIL)

DECLIVE, de Eduardo Brito (PORTUGAL)

DESARQUIVANDO ALICE GONZAGA, de Betse de Paula (BRASIL)

MADAME SATÃ, de Karim Aïnouz (BRASIL)

NIMIC, de Yorgos Lanthimos (ALEMANHA, REINO UNIDO, EUA)

O FAROL / THE LIGHTHOUSE, de Robert Eggers (EUA)

O INVASOR / THE TRESPASSER, de Beto Brant (BRASIL)

PERSONA NON GRATA, de Roschdy Zem (FRANÇA)

TUÃ INGUGU (OLHOS D’ÁGUA) , de Daniela Thomas (BRASIL)

TURMA DA MÔNICA: LAÇOS, de Daniel Rezende (BRASIL)

WANTOKS: DANÇA DE RESILIÊNCIA NA MELANÉSIA / WANTOKS: DANCE OF RESILIENCE IN MELANESIA, de Iara Lee (ILHAS SALOMÃO, EUA, BULGÁRIA)

Realidade Virtual

11.11.18, de Sébastien Tixador, Django Schrevens (BÉLGICA, FRANÇA)

-22.7: EXPERIÊNCIA NO EXTREMO NORTE / -22.7: THE FAR NORTH EXPERIENCE, de Jan Kounen, Molécule, Amaury La Burthe (FRANÇA, CANADÁ, BÉLGICA)

A LINHA, de Ricardo Laganaro (BRASIL)

A PONTE / THE BRIDGE, de Nikita Shalenny (UCRÂNIA)

UM OUTRO SONHO / ANOTHER DREAM, de Tamara Shogaolu (HOLANDA, EUA, EGITO)

ARMONIA, de Bracey Smith (EUA)

AYAHUASCA – VIAGEM CÓSMICA / AYAHUASCA – KOSMIK JOURNEY, de Jan Kounen (FRANÇA, LUXEMBURGO, BÉLGICA)

CLAUDE MONET – THE WATER LILY OBSESSION, de Nicolas Thépot (FRANÇA)

CHUANG – ATRAVÉS DAS IMAGENS / CHUANG – IN THE PICTURES, de Qing Shao (CHINA)

CRIANÇAS NÃO BRINCAM DE GUERRA / CHILDREN DON`T PLAY WAR, de Fabiano Mixo (UGANDA, BRASIL, EUA)

EX ANIMA, de Pierre Zandrowicz, Bartabas (FRANÇA)

FOGO NA FLORESTA / FIRE IN THE FOREST, de Tadeu Jungle (BRASIL)

GYMNASIA, de Chris Lavis, Maciek Szczerbowski (CANADÁ)

INTIMIDADES, POR FELIX VALLOTTON / UNFRAMED: INTIMACIES, FELIX VALLOTTON, de Martin Charrière (SUÍÇA)

O COLECIONADOR DE SONHOS / THE DREAM COLLECTOR, de Li Mi (CHINA)

ÚLTIMOS SUSPIROS: UM ORATÓRIO IMERSIVO / LAST WHISPERS: AN IMMERSIVE ORATORIO, de Lena Herzog (EUA)

SEGUNDO PASSO / 2nd STEP, de Jörg Courtial (ALEMANHA)

SHENNONG: O GOSTO DA ILUSÃO / SHENNONG: TASTE OF ILLUSION, de Li Mi, Zheng Wang (CHINA)

SONGBIRD, de Lucy Greenwell (DINAMARCA, REINO UNIDO)

Competição Novos Diretores

522. UM GATO, UM CHINÊS E MEU PAI / 522. A CAT, A CHINESE GUY AND MY FATHER, de Paco R. Baños (ESPANHA, PORTUGAL)

A MARATONA DE BRITTANY / BRITTANY RUNS A MARATHON, de Paul Downs Colaizzo (EUA)

ADAM, de Rhys Ernst (EUA)

AFTERLIFE, de Willem Bosch (HOLANDA)

ALVA, de Ico Costa (PORTUGAL, ARGENTINA, FRANÇA)

ANDREY TARKOVSKY: UMA ORAÇÃO DE CINEMA / ANDREY TARKOVSKY. A CINEMA PRAYER, de Andrey A. Tarkovskiy (ITÁLIA, RÚSSIA, SUÉCIA)

APENAS 6.5 / JUST 6.5, de Saeed Roustaee (IRÃ)

ARIMA, de Jaione Camborda (ESPANHA)

AS OVELHAS DOURADAS E A MONTANHA SAGRADA / THE GOLD-LADEN SHEEP AND THE SACRED MOUNTAIN, de Ridham Janve (ÍNDIA)

ASSIMETRIA / ASYMMETRY, de Maša Neškovic (SÉRVIA, ESLOVÊNIA, ITÁLIA)

AURORA, de Miia Tervo (FINLÂNDIA)

BOY MEETS GUN, de Joost van Hezik (HOLANDA)

CARTA REGISTRADA / CERTIFIED MAIL, de Hisham Saqr (EGITO)

CARTAS PARA PAUL MORRISSEY / LETTERS TO PAUL MORRISSEY, de Armand Rovira (ESPANHA)

CICATRIZES / STITCHES, de Miroslav Terzic (SÉRVIA)

CLEO – SEU EU PUDESSE VOLTAR NO TEMPO / CLEO – IF I COULD TURN BACK TIME, de Erik Schmitt (ALEMANHA)

CORAÇÕES E OSSOS / HEARTS AND BONES, de Ben Lawrence (AUSTRÁLIA)

CUNNINGHAM, de Alla Kovgan (ALEMANHA, FRANÇA, EUA)

DENTE DE LEITE / BABYTEETH, de Shannon Murphy (AUSTRÁLIA)

DEVORAR / SWALLOW, de Carlo Mirabella-Davis (EUA, FRANÇA)

DIGITALKARMA / DIGITALKARMA, de Mark Olexa, Francesca Scalisi (SUÍÇA)

DISTANTE DE NÓS / FAR FROM US, de Verena Kuri, Laura Bierbrauer (ARGENTINA)

EMPUXO / BUOYANCY, de Rodd Rathjen (AUSTRÁLIA)

ESTAÇÃO DAS CHUVAS / WET SEASON, de Anthony Chen (SINGAPURA, TAIWAN)

EU PROMETO SER SENSATO / LOST AND FOUND, de Ronan Le Page (FRANÇA)

FILHA / DAUGHTER, de Anthony Shim (CANADÁ)

FILHOS DA DINAMARCA / SONS OF DENMARK, de Ulaa Salim (DINAMARCA)

FIM DE ESTAÇÃO / END OF SEASON, de Elmar Imanov (AZERBAIJÃO, ALEMANHA, GEÓRGIA)

FOTÓGRAFO DA GUERRA, de Boris Benjamin Bertram / DINAMARCA, FINLÂNDIA, TITULO_EN: PHOTOGRAPHER OF WAR, DIRETOR: Boris Benjamin Bertram, PAISES: DINAMARCA, FINLÂNDIA

GAY CHORUS DEEP SOUTH / GAY CHORUS DEEP SOUTH, de David Charles Rodrigues (EUA)

GUTTERBEE, de Ulrich Thomsen (DINAMARCA, EUA)

HERÓIS NUNCA MORREM / HEROES DON`T DIE, de Aude Léa Rapin (FRANÇA, BÉLGICA, BÓSNIA)

HISTÓRIAS DO BOSQUE DE CASTANHAS / STORIES FROM THE CHESTNUT WOODS, de Gregor Bozic (ESLOVÊNIA, ITÁLIA)

HONEYLAND, de Ljubomir Stefanov, Tamara Kotevska (MACEDÔNIA)

IMPUNIDADE ZERO / ZERO IMPUNITY, de Nicolas Blies, Stephane Hueber-Blies, Denis Lambert (LUXEMBURGO, FRANÇA)

KOKO-DI KOKO-DA, de Johannes Nyholm (SUÉCIA, DINAMARCA)

LA MALA NOCHE / THE LONGEST NIGHT, de Gabriela Calvache (EQUADOR, MÉXICO)

LA VIDA EN COMÚN, de Ezequiel Yanco (ARGENTINA, FRANÇA)

LABIRINTO / LABYRINTH, de Amir Hossein Torabi (IRÃ)

LEMEBEL, de Joanna Reposi Garibaldi (CHILE, COLÔMBIA)

LEVE- ME PARA ALGUM LUGAR LEGAL / TAKE ME SOMEWHERE NICE, de Ena Sendijarevic (HOLANDA, BÓSNIA)

LIMPEZA / CLEAN UP, de Man-ki Kwon (COREIA DO SUL)

LOST HOLIDAY, de Michael Matthews, Thomas Matthews (EUA)

MAGALÍ, de Juan Pablo Di Bitonto (ARGENTINA)

MAGGIE, de Ok-seop Yi (COREIA DO SUL)

MATAINDIOS / INDIGENOUS` SLAYER, de Oscar Sánchez, Robert Julca (PERU)

MENTE PERVERSA / HEAD BURST, de Savas Ceviz (ALEMANHA)

MEU NOME É SARA / MY NAME IS SARA, de Steven Oritt (EUA)

MEU VERÃO EXTRAORDINÁRIO COM TESS / MY EXTRAORDINARY SUMMER WITH TESS, de Steven Wouterlood (HOLANDA, ALEMANHA)

MONT FOSTER, de Louis Godbout (CANADÁ)

MR. JIMMY, de Peter Michael Dowd (EUA, JAPÃO)

MÚSICA E APOCALIPSE / MUSIC & APOCALYPSE, de Max Linz (ALEMANHA)

O CARCEREIRO / THE WARDEN, de Nima Javidi (IRÃ)

O DESEJO DE ANA / ANA`S DESIRE, de Emilio Santoyo (MÉXICO)

O DIA DEPOIS QUE EU PARTIR / THE DAY AFTER I`M GONE, de Nimrod Eldar (ISRAEL)

O ESPELHO AFRICANO / AFRICAN MIRROR, de Mischa Hedinger (SUÍÇA)

O FILME DO BRUNO ALEIXO, de João Moreira, Pedro Santo (PORTUGAL)

O FIM DO MUNDO, de Basil da Cunha (SUÍÇA)

O GARÇOM / THE WAITER, de Steve Krikris (GRÉCIA)

O HUMORISTA / THE HUMORIST, de Michael Idov (RÚSSIA, LETÔNIA, REPÚBLICA TCHECA)

O MELHOR DE DORIEN B. / THE BEST OF DORIEN B., de Anke Blondé (BÉLGICA, HOLANDA)

O MUNDO É REPLETO DE SEGREDOS / THE WORLD IS FULL OF SECRETS, de Graham Swon (EUA)

O QUE NÃO MATA / THAT WHICH DOES NOT KILL, de Alexe Poukine (BÉLGICA, FRANÇA)

O RELATÓRIO / THE REPORT, de Scott Z. Burns (EUA)

O SANTO DESCONHECIDO / THE UNKNOWN SAINT, de Alaa Eddine Aljem (MARROCOS, FRANÇA, CATAR)

O SÉCULO DA FUMAÇA / CENTURY OF SMOKE, de Nicolas Graux (BÉLGICA)

O TURISTA SUICIDA / SUICIDE TOURIST, de Jonas Alexander Arnby (DINAMARCA, NORUEGA, ALEMANHA, FRANÇA, SUÉCIA)

O UMBIGO DE GUIE`DANI / GUIE`DANI`S NAVEL, de Xavi Sala (MÉXICO)

OLEG, de Juris Kursietis (LETÔNIA, BÉLGICA, LITUÂNIA, FRANÇA)

OS DIAS DA BALEIA / DAYS OF THE WHALE, de Catalina Arroyave Restrepo (COLÔMBIA)

OS TUBARÕES / THE SHARKS, de Lucia Garibaldi (URUGUAI, ARGENTINA, ESPANHA)

PAPICHA, de Mounia Meddour (FRANÇA, ARGÉLIA, BÉLGICA, CATAR)

PATRICK, de Gonçalo Waddington (PORTUGAL, ALEMANHA)

PEQUENAS HISTÓRIAS / LITTLE HISTORIES, de Rafael Marziano (VENEZUELA)

PERTENCER / BELONGING, de Burak Cevik (TURQUIA, CANADÁ, FRANÇA)

PEWPEWPEW, de Sergey Vasiliev (SUÉCIA)

POEIRA / DUST, de Udita Bhargava (ALEMANHA, ÍNDIA)

RUA DO DESERTO, 143 / 143 SAHARA STREET, de Hassen Ferhani (ARGÉLIA, FRANÇA)

SAINT FRANCES, de Alex Thompson (EUA)

SANGUE DE PELICANO / PELICAN BLOOD, de Katrin Gebbe (ALEMANHA)

SIRON. TEMPO SOBRE TELA / SIRON. TIME ON CANVAS, de André Guerreiro Lopes, Rodrigo Campos (BRASIL)

SOBRE ESSA VIDA / ABOUT THAT LIFE, de Shady El-Hamus (HOLANDA)

SYMPATHY FOR THE DEVIL, de Guillaume de Fontenay (FRANÇA)

SYSTEM CRASHER, de Nora Fingscheidt (ALEMANHA)

TEMPO DE ESPERA / TIME OUT, de Matti Kinnunen (FINLÂNDIA)

TERRA SAGRADA / NOAH LAND, de Cenk Ertürk (ALEMANHA, TURQUIA, EUA)

THE DRIFTERS, de Benjamin Bond (REINO UNIDO)

UM DIA MUITO CLARO / A WHITE, WHITE DAY, de Hlynur Pálmason (ISLÂNDIA, DINAMARCA, SUÉCIA)

UNDERDOWN, de Sarah Kaskas (LÍBANO, CATAR, ALEMANHA)

VIAJANTE DA MEIA-NOITE / MIDNIGHT TRAVELER, de Hassan Fazili (EUA, REINO UNIDO, CATAR, CANADÁ)

VIGÍLIA EM AGOSTO / VIGIL IN AUGUST, de Luis María Mercado (ARGENTINA)

VIVER PARA CANTAR / TO LIVE TO SING, de Johnny Ma (CHINA, FRANÇA)

VIVIR ILESOS / LIVING UNSCATHED, de Manuel Siles (PERU, ARGENTINA)

WEIHAI, de Liang Huan (CHINA)

Mostra Brasil

A COR BRANCA / THE WHITE COLOR, de Afonso Nunes (BRASIL)

A JANGADA DE WELLES / THE WELLES RAFT, de Firmino Holanda , Petrus Cariry (BRASIL)

ABE, de Fernando Grostein Andrade (BRASIL)

ABISMO TROPICAL / TROPICAL ABYSS, de Paulo Caldas (BRASIL)

ACQUA MOVIE, de Lírio Ferreira (BRASIL)

AINDA TEMOS A IMENSIDÃO DA NOITE / WE STILL HAVE THE DEEP BLACK NIGHT, de Gustavo Galvão (BRASIL, ALEMANHA)

ALICE JÚNIOR, de Gil Baroni (BRASIL)

ANNA, de Heitor Dhalia (BRASIL)

AOS OLHOS DE ERNESTO / THROUGH ERNESTO`S EYES, de Ana Luiza Azevedo (BRASIL)

BANQUETE COUTINHO / A TREAT OF COUTINHO, de Josafá Veloso (BRASIL)

BARRETÃO, de Marcelo Santiago (BRASIL)

BREVE MIRAGEM DE SOL / BURNING NIGHT, de Eryk Rocha (BRASIL, FRANÇA, ARGENTINA)

CARCEREIROS, de José Eduardo Belmonte (BRASIL)

CASA / HOME, de Letícia Simões (BRASIL)

CHÃO / LANDLESS, de Camila Freitas (BRASIL)

CURRAIS / CORRALS, de David Aguiar, Sabina Colares (BRASIL)

DEPOIS A LOUCA SOU EU / LOSING MY MARBLES, de Julia Rezende (BRASIL)

DIZ A ELA QUE ME OUVIU CHORAR / LET IT BURN, de Maíra Bühler (BRASIL)

ENCARCERADOS / JAILED, de Claudia Calabi, Fernando Grostein, Pedro Bial (BRASIL)

ENQUANTO ESTAMOS AQUI / WHILE WE ARE HERE, de Clarissa Campolina, Luiz Pretti (BRASIL)

FLORES DO CÁRCERE / PRISON FLOWERS, de Paulo Caldas, Bárbara Cunha (BRASIL)

GUERRA DE ALGODÃO / THE COTTON WOOL WAR, de Marília Hughes, Cláudio Marques (BRASIL)

INDIANARA, de Aude Chevalier-Beaumel, Marcelo Barbosa (BRASIL)

IRMÃOS FREITAS, de Sérgio Machado, Aly Muritiba (BRASIL)

MACABRO / MACABRE, de Marcos Prado (BRASIL)

O AMOR DÁ VOLTAS / SUSPENSION POINTS, de Marcos Bernstein (BRASIL)

O HOMEM CORDIAL / THE FRIENDLY MAN, de Iberê Carvalho (BRASIL)

O JUÍZO / THE LOSS, de Andrucha Waddington (BRASIL)

OSMAR A PRIMEIRA FATIA DO PÃO DE FORMA / OSMAR THE FIRST SLICE OF THE LOAF, de Ale McHaddo (BRASIL)

OUTUBRO / OCTOBER, de Maria Ribeiro, Loiro Cunha (BRASIL)

PACARRETE, de Allan Deberton (BRASIL)

PESSOAS – CONTAR PARA VIVER / PESSOAS – TELLING TO LIVE, de Marco Del Fiol, Marcelo Machado, Tatiana Toffoli, Viviane Ferreira, Pedro Cezar (BRASIL)

POETAS DO CÉU / SKY POETS, de Emilio Maillé (MÉXICO, FRANÇA, BRASIL)

RAIA 4 / LANE 4, de Emiliano Cunha (BRASIL)

SETE ANOS EM MAIO / SEVEN YEARS IN MAY, de Affonso Uchôa (BRASIL, ARGENTINA)

TRAGAM-ME A CABEÇA DE CARMEN M. / BRING ME THE HEAD OF CARMEN M., de Catarina Wallesntein, Felipe Bragança (PORTUGAL, BRASIL)

TRÊS VERÕES / THREE SUMMERS, de Sandra Kogut (BRASIL, FRANÇA)

Competição

BECO, de Camilo Cavalcante (BRASIL)

CHORÃO: MARGINAL ALADO / OUTCAST ROCKSTAR, de Felipe Novaes (BRASIL)

FENDAS / SLITS, de Carlos Segundo (BRASIL, FRANÇA)

O MÊS QUE NÃO TERMINOU / ENDLESS JUNE – BRAZIL`S NEW POLITICAL CULTURE, de Francisco Bosco, Raul Mourão (BRASIL)

O PARADOXO DA DEMOCRACIA / THE PARADOX OF DEMOCRACY, de Belisario Franca (BRASIL)

PACIFIED, de Paxton Winters (BRASIL)

PARTIDA / DEPARTURE, de Caco Ciocler (BRASIL)

QUERÊNCIA / HOMING, de Helvécio Marins Jr. (BRASIL, ALEMANHA)

SEM SEU SANGUE / SICK, SICK, SICK, de Alice Furtado (BRASIL, FRANÇA, HOLANDA)

Perspectiva Internacional

A BOIA / THE BUOY, de Fernando Spiner (ARGENTINA)

A FANTÁSTICA VIAGEM DE MARONA / MARONA`S FANTASTIC TALE, de Anca Damian (FRANÇA, ROMÊNIA, BÉLGICA)

A FERA E A FESTA / HOLY BEASTS, de Laura Amelia Guzmán, Israel Cárdenas (REPÚBLICA DOMINICANA, ARGENTINA, MÉXICO)

A FILHA DE UM TREINADOR / A COACH`S DAUGHTER, de Lukasz Grzegorzek (POLÔNIA)

A GAROTA COM A PULSEIRA / THE GIRL WITH A BRACELET, de Stéphane Demoustier (FRANÇA)

A GRANDE MURALHA VERDE / THE GREAT GREEN WALL, de Jared P. Scott (REINO UNIDO)

A INTERRUPÇÃO / THE HALT, de Lav Diaz (FILIPINAS)

A ODISSEIA DOS TONTOS / HEROIC LOSERS, de Sebastián Borensztein (ARGENTINA, ESPANHA)

A RESISTÊNCIA DE INGA / THE COUNTY, de Grímur Hákonarson (ISLÂNDIA, DINAMARCA, ALEMANHA, FRANÇA)

A VERDADEIRA HISTÓRIA DA GANGUE DE NED KELLY / TRUE HISTORY OF THE KELLY GANG, de Justin Kurzel (AUSTRÁLIA, REINO UNIDO)

A VIAGEM DO PRÍNCIPE / THE PRINCE’S VOYAGE, de Jean-François Laguionie, Xavier Picard (FRANÇA, LUXEMBURGO)

A VIDA IRREGULAR DE JUICE LESKINEN / THE RAGGED LIFE OF JUICE LESKINEN, de Teppo Airaksinen (FINLÂNDIA)

AMAZING GRACE, de Alan Elliott (EUA)

APAGADA / ERASED, de Miha Mazzini (ESLOVÊNIA, CROÁCIA, SÉRVIA)

ATÉ LOGO, MEU FILHO / SO LONG, MY SON, de Wang Xiaoshuai (CHINA)

BELLINGCAT: A VERDADE EM UM MUNDO PÓS-VERDADE / BELLINGCAT: TRUTH IN A POST-TRUTH WORLD, de Hans Pool (HOLANDA)

BILLE, de Inara Kolmane (LETÔNIA)

BULBUL PODE CANTAR / BULBUL CAN SING, de Rima Das (ÍNDIA)

CÃES DO ESPAÇO / SPACE DOGS, de Elsa Kremser, Levin Peter (ÁUSTRIA, ALEMANHA)

CAMPO, de Tiago Hespanha (PORTUGAL)

CARTEIRO / POSTMAN, de Emiliano Serra (ARGENTINA)

CASTELO DE SONHOS / CASTLE OF DREAMS, de Reza Mirkarimi (IRÃ)

CAVALOS ROUBADOS / OUT STEALING HORSES, de Hans Petter Moland (NORUEGA, SUÉCIA, DINAMARCA)

CHUVAS SUAVES VIRÃO / THERE WILL COME SOFT RAINS, de Iván Fund (ARGENTINA)

CORAÇÃO DE MEZQUITE / MEZQUITE´S HEART, de Ana Laura Calderón (MÉXICO)

DE QUEM É O SUTIÃ? / THE BRA, de Veit Helmer (ALEMANHA)

DEPOIS DO FIM DOS TEMPOS / ENDZEIT EVER AFTER, de Carolina Hellsgard (ALEMANHA)

DEUS É MULHER, SEU NOME É PETÚNIA / GOD EXISTS, HER NAME IS PETRUNYA, de Teona Strugar Mitevska (MACEDÔNIA, BÉLGICA, ESLOVÊNIA, CROÁCIA, FRANÇA)

DINAMARCA / DENMARK, de Adrian Shergold (REINO UNIDO)

DU, de Paul Tunge (NORUEGA)

E EM CADA LENTILHA UM DEUS / A GOD IN EACH LENTIL, de Miguel Ángel Jiménez (ESPANHA)

ECOS / ECHO, de Rúnar Rúnarsson (ISLÂNDIA, FRANÇA,SUÍÇA)

EM OUTRA VIDA / IN ANOTHER LIFE, de Philippe de Pierpont (BÉLGICA)

EMU RUNNER, de Imogen Thomas (AUSTRÁLIA)

ERICA 38, de Yuichi Hibi (JAPÃO)

FAMILY ROMANCE, LTDA / FAMILY ROMANCE, LLC, de Werner Herzog (EUA)

FINAL FELIZ / HAPPY ENDING, de Hella Joof (DINAMARCA)

FRANKIE, de Ira Sachs (FRANÇA, PORTUGAL)

HÁLITO AZUL / BLUE BREATH, de Rodrigo Areias (PORTUGAL, FINLÂNDIA, FRANÇA)

HEIMAT É UM ESPAÇO NO TEMPO / HEIMAT IS A SPACE IN TIME, de Thomas Heise (ALEMANHA, ÁUSTRIA)

ISSO MUDA TUDO / THIS CHANGES EVERYTHING, de Tom Donahue (EUA)

ISTO NÃO É BERLIM / THIS IS NOT BERLIN, de Hari Sama (MÉXICO)

JOANA D`ARC / JOAN OF ARC, de Bruno Dumont (FRANÇA)

LA LLORONA, de Jayro Bustamante (GUATEMALA, FRANÇA)

LARA, de Jan-Ole Gerster (ALEMANHA)

LILLIAN, de Andreas Horvath (ÁUSTRIA)

LONGE DA COSTA / THE FAR SHORE, de David Uloth (CANADÁ)

MÁFIA S/A / MAFIA INC., de Daniel Grou (CANADÁ)

MARGHE E SUA MÃE / MARGHE AND HER MOTHER, de Mohsen Makhmalbaf (ITÁLIA, REINO UNIDO)

MEMORY – AS ORIGENS DE ALIEN / MEMORY – THE ORIGINS OF ALIEN, de Alexandre O. Philippe (EUA)

MERATA: COMO MINHA MÃE DESCOLONIZOU A TELA / MERATA: HOW MUM DECOLONISED THE SCREEN, de Hepi Mita (NOVA ZELÂNDIA)

MI VIDA / MY LIFE, de Norbert ter Hall (HOLANDA, ESPANHA)

MO-RUERANI, de Takushi Tsubokawa (JAPÃO)

MOVIMENTOS DE UMA MONTANHA PRÓXIMA / MOVEMENTS OF A NEARBY MOUNTAIN, de Sebastian Brameshuber (ÁUSTRIA, FRANÇA)

MR. JONES, de Agnieszka Holland (POLÔNIA, UCRÂNIA, REINO UNIDO)

NÃO ME AME / LOVE ME NOT, de Lluís Miñarro (ESPANHA, MÉXICO)

NEUTRA – SOBREVIVÊNCIA ATRAVÉS DO DESIGN / NEUTRA- SURVIVAL THROUGH DESIGN, de PJ Letofsky (EUA, ALEMANHA, ÁUSTRIA, SUÍÇA, REINO UNIDO)

NINA WU, de Midi Z (TAIWAN, MALÁSIA, MYANMAR)

NINJA XADREZ / CHECKERED NINJA, de Anders Matthesen, Thorbjørn Christoffersen (DINAMARCA)

NOSSAS DERROTAS / OUR DEFEATS, de Jean-Gabriel Périot (FRANÇA)

O DIABO ENTRE AS PERNAS / DEVIL BETWEEN THE LEGS, de Arturo Ripstein (MÉXICO, ESPANHA)

O FANTASMA DE PETER SELLERS / THE GHOST OF PETER SELLERS, de Peter Medak (CHIPRE)

O HOMEM QUE BRINCAVA COM FOGO / THE MAN WHO PLAYED WITH FIRE, de Henrik Georgsson (SUÉCIA)

O JOVEM AHMED / YOUNG AHMED, de Jean-Pierre, Luc Dardenne (BÉLGICA, FRANÇA)

O LAGO DO GANSO SELVAGEM / THE WILD GOOSE, de Diao Yi`nan (CHINA, FRANÇA)

O MILAGRE NO MAR DOS SARGAÇOS / THE MIRACLE OF THE SARGASSO SEA, de Syllas Tzoumerkas (GRÉCIA, ALEMANHA, HOLANDA, SUÉCIA)

O PAI / THE FATHER, de Kristina Grozeva, Petar Valchanov (BULGÁRIA,GRÉCIA)

O PARAÍSO DE MARIA / MARIA`S PARADISE, de Zaida Bergroth (FINLÂNDIA, ESTÔNIA)

O PÁSSARO PINTADO / THE PAINTED BIRD, de Václav Marhoul (REPÚBLICA TCHECA, UCRÂNIA, ESLOVÁQUIA)

O PROJECIONISTA / THE PROJECTIONIST, de Abel Ferrara (EUA, GRÉCIA)

O QUE ARDE / FIRE WILL COME, de Oliver Laxe (FRANÇA, LUXEMBURGO, ESPANHA)

O RITUAL / SPELL, de Brendan Walter (ISLÂNDIA, EUA)

O TEMPO DAS FLORESTAS / THE TIME OF FORESTS, de François-Xavier Drouet (FRANÇA)

O ÚLTIMO AMOR DE CASANOVA / CASANOVA, LAST LOVE, de Benoît Jacquot (FRANÇA)

OS OLHOS DE CABUL / THE SWALLOWS OF KABUL, de Zabou Breitman, Eléa Gobbé-Mévellec (FRANÇA)

PARASITA / PARASITE, de Bong Joon-ho (COREIA DO SUL)

PASSAGENS / PASSAGES, de Lucia Nagib (REINO UNIDO)

PELO NOME DE TANIA / BY THE NAME OF TANIA, de Bénédicte Liénard, Mary Jiménez (BÉLGICA, HOLANDA)

PHIL TIPPETT – DELÍRIOS E MONSTROS / PHIL TIPPETT – MAD DREAMS AND MONSTERS, de Gilles Penso, Alexandre Poncet (FRANÇA)

PONTO CEGO / BLIND SPOT, de Pierre Trividic, Patrick Mario Bernard (FRANÇA)

PSYCHOBITCH, de Martin Lund (NORUEGA)

SEGREDOS OFICIAIS / OFFICIAL SECRETS, de Gavin Hood (REINO UNIDO, EUA)

SEM TÚMULO / THE GRAVELESS, de Mostafa Sayyari (IRÃ)

SIBYL, de Justine Triet (FRANÇA, BÉLGICA)

SINÔNIMOS / SYNONYMS, de Nadav Lapid (FRANÇA, ISRAEL, ALEMANHA)

SURDINA / SURDINE, de Rodrigo Areias (PORTUGAL)

TÃO FELIZ QUANTO POSSÍVEL / AS HAPPY AS POSSIBLE, de Alain Raoust (FRANÇA, PORTUGAL)

TECHNOBOSS, de João Nicolau (PORTUGAL, FRANÇA)

TEERÃ: CIDADE DO AMOR / TEHRAN: CITY OF LOVE, de Ali Jaberansari (IRÃ, REINO UNIDO, HOLANDA)

TLAMESS, de Ala Eddine Slim (TUNÍSIA, FRANÇA)

TREMORES / TREMORS, de Jayro Bustamante (GUATEMALA, FRANÇA, LUXEMBURGO)

TRISTEZA E ALEGRIA NA VIDA DAS GIRAFAS / SADNESS AND JOY IN THE LIFE OF GIRAFFES, de Tiago Guedes (PORTUGAL)

TUDO SOBRE YVES / ALL ABOUT YVES, de Benoît Forgeard (FRANÇA)

UMA COLÔNIA / A COLONY, de Geneviève Dulude-De Celles (CANADÁ)

UMA LUA PARA MEU PAI / A MOON FOR MY FATHER, de Mania Akbari, Douglas White (IRÃ, REINO UNIDO)

VENEZIA, de Rodrigo Guerrero (ARGENTINA, FRANÇA)

VIAJANTES DE GUERRA / WAR TRAVELERS, de Joud Said (LÍBANO, SÍRIA)

VIÚVA DO SILÊNCIO / WIDOW OF SILENCE, de Praveen Morchhale (ÍNDIA)

VIVEIRO / BREEDING GROUND, de Pedro Filipe Marques (PORTUGAL)

VIZINHOS / NEIGHBORS, de Beatriz Seigner, Alexander Zolotukhin, Rima Das, Yan Han, Jenna Bass (CHINA)

VOCÊ TEM A NOITE / YOU HAVE THE NIGHT, de Ivan Salatic (MONTENEGRO, SÉRVIA, CATAR)

 

Fonte: Imprensa 43ª Mostra Internacional de São Paulo

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Luan Ribeiro
Sou natural de Mata de São João, Bahia, mas atualmente moro na cidade do São Paulo. Sou formado em Engenharia, mas sempre tive uma verdadeira fixação pelo universo cinematográfico e sou o admin do @CinemaeCompanhia no Instagram. Assistir um filme é minha válvula de escape para mergulhar e me aventurar em mundos totalmente novos e me desligar dos problemas do dia-a-dia. Aproximadamente de duas a três vezes confiro as estreias da semana nas telonas, digamos que eu seja quase um “rato de cinema”. rs Será um enorme prazer compartilhar aqui minhas opiniões sobre os filmes e suas principais curiosidades. E uma ótima oportunidade para poder aprender e "trocar figurinhas" com todos vocês! Espero que se divirtam muito e curtam minhas dicas. Que a FORÇA esteja com vocês!!! Forte abraço! Luan Ribeiro. Instagram.com/CinemaeCompanhia e-mail: luancribeiro@hotmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *