Viva Bem!

Hoje, fui fazer meu check-up, dar uma geral, como se diz em português castiço, e está tudo maravilhoso! E, para continuar ganhando estrelinha no caderno e tapinha nas costas de parabéns, como eu faço? Perguntei ao médico: para me manter saudável a única maneira é praticar exercícios diários, não é? Quanto tempo de aeróbico? Musculação basta? Trinta, quinze minutos ou no mínimo uma hora? Ele esperou que eu terminasse de disparar minhas respostas em forma de perguntas. Eu me calei e fiquei olhando para ele, como quem espera um oráculo dizer a frase definitiva. Ele sorriu e respondeu “ – Ter uma vida boa. Viva bem!” E encerrou o assunto.

A frase ficou ecoando na minha cabeça – “Viva bem!”

Aplicada que sou, resolvi seguir o conselho médico e pensar nas coisas que me fazem bem – amigos, família, amor, boa comida, arte, escrever. Dentro da categoria “arte”, a música é uma coisa que faz um bem danado. Impressionante a capacidade que ela tem de nos transportar. Assim como nos faz dançar sozinha no meio da rua, é capaz de nos jogar na mais profunda tristeza. Difícil ficar indiferente.

baile-perfumadoE, como uma coisa leva a outra, e aqui todas levam ao cinema (que sorte!) vamos às trilhas sonoras. Sem pesquisa nem nada me vieram à cabeça algumas músicas – a trilha do filme Lisbela e o Prisioneiro com a voz rascante de Elza Soares, Baile Perfumado com a parte musical assinada pelo saudoso Chico Science, e a voz de Gilberto Gil cantando “por isso eu vou na casa dela ai, ai … falar do meu amor por ela vai, … não sei se vou me segurar…” trilha de Eu , Tu, Eles.

Mas, como pesquisar é preciso e saudável, descobri que o primeiro filme com som da história do cinema brasileiro trouxe “Carinhoso” de Pixinguinha – um clássico do choro. Isso foi em 1929 na comédia Acabaram-se os Otários. Infelizmente ou felizmente, a memória afetiva ganha sempre do racional – aqui em casa é assim – e por isso encerro esta matéria ao som do manguebeat “Maracatu Atômico” que não está em trilha sonora nenhuma, mas deveria. Segue o link – https://www.youtube.com/watch?v=n8QJrkIghaY

E, para quem quiser link do Baile Perfumado na íntegra, aqui vai – filmaço!  https://www.youtube.com/watch?v=NnmWmTl217k

Seguem abaixo alguns links relacionados. Uma delícia!

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Claudia Ebert
Jornalista e prioritariamente um bicho de televisão. Adoro cinema e tenho queda forte por documentários. Minha vida profissional já pairou na GloboNews, Globosat e por produtoras que faziam programas para a Globosat. Falo pouco de mim, mas escuto histórias - as interessantes! -, e prometo contá-las aqui.