Mulher na arte:  avanços e desafios

Foto Lois Greenfield.
Por meio de uma seleção de obras, a crítica de arte e curadora Thais Rivitti convida o público a discutir a posição da mulher na arte no Programa Arte-Papo da Casa-Museu Ema Klabin

No próximo dia 5 de maio, sábado, das 14h às 15h, a crítica de arte e curadora Thais Rivitti é a convidada do Programa Arte-Papo da Casa-Museu Ema Klabin. A proposta do encontro é apresentar ao público um panorama sobre como a arte aborda a situação das mulheres ao longo do tempo. São apenas 30 vagas e as inscrições podem ser realizada no site do museu: http://emaklabin.org.br/Serão usadas obras modernas e contemporâneas para guiar as reflexões. Segundo a artista, o objetivo é conhecer algumas das obras mais emblemáticas para discutir a representação e posição das artistas, a recepção crítica e o contexto social da atuação feminina na arte.Alguns dos tópicos a serem abordados são: a objetificação do corpo feminino, as transformações na abordagem sobre questões de gênero na arte, a visibilidade do trabalho de artistas mulheres.Thais Rivitti Atua como crítica de arte e curadora. Particularmente interessada na arte contemporânea brasileira, há seis anos dirige o espaço de arte independente Ateliê397, onde já realizou inúmeras exposições, cursos, debates e publicações. É formada em jornalismo (PUC – SP), Filosofia (USP) e mestre em Teoria, História e Crítica de Arte(USP). Editora de livros de artistas: “Beatriz Milhazes: pinturas, colagens” (2008), “Leda Catunda: 1983-2008” (2009), “Carmela Gross, Um corpo de ideias” (2011), “Fernando Zarif ”(2013), entre outros. Entre suas curadorias destacam-se: “Nino cais – Décor”, Galeria Virgílio, 2009, “Mônica Nador: Pintura de exteriores”, Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2008; “Espaços Independentes: a alma é o segredo do negócio”, Funarte, 2012, “Rodrigo Braga:Tombo”, Casa França Brasil, Rio de Janeiro, 2015 e “Modos de ver o Brasil: Itaú Cultural 30 anos”, na Oca em 2017. Serviço:Arte-Papo com Thais RivittiData: 5 de maio – sábadoHorário: 14h às 15hGratuito30 vagasInscrição: http://emaklabin.org.br/Local: Fundação Ema KlabinEndereço: Rua Portugal, 43 Jardim Europa São Paulo. 01446-020Local: Fundação Ema KlabinEndereço: Rua Portugal, 43 Jardim Europa São Paulo. 01446-020

Serão usadas obras modernas e contemporâneas para guiar as reflexões. Segundo a artista, o objetivo é conhecer algumas das obras mais emblemáticas para discutir a representação e posição das artistas, a recepção crítica e o contexto social da atuação feminina na arte.Alguns dos tópicos a serem abordados são: a objetificação do corpo feminino, as transformações na abordagem sobre questões de gênero na arte, a visibilidade do trabalho de artistas mulheres.Thais Rivitti Atua como crítica de arte e curadora. Particularmente interessada na arte contemporânea brasileira, há seis anos dirige o espaço de arte independente Ateliê397, onde já realizou inúmeras exposições, cursos, debates e publicações. É formada em jornalismo (PUC – SP), Filosofia (USP) e mestre em Teoria, História e Crítica de Arte(USP). Editora de livros de artistas: “Beatriz Milhazes: pinturas, colagens” (2008), “Leda Catunda: 1983-2008” (2009), “Carmela Gross, Um corpo de ideias” (2011), “Fernando Zarif ”(2013), entre outros. Entre suas curadorias destacam-se: “Nino cais – Décor”, Galeria Virgílio, 2009, “Mônica Nador: Pintura de exteriores”, Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2008; “Espaços Independentes: a alma é o segredo do negócio”, Funarte, 2012, “Rodrigo Braga:Tombo”, Casa França Brasil, Rio de Janeiro, 2015 e “Modos de ver o Brasil: Itaú Cultural 30 anos”, na Oca em 2017. Serviço:Arte-Papo com Thais RivittiData: 5 de maio – sábadoHorário: 14h às 15hGratuito30 vagasInscrição: http://emaklabin.org.br/Local: Fundação Ema KlabinEndereço: Rua Portugal, 43 Jardim Europa São Paulo. 01446-020Local: Fundação Ema KlabinEndereço: Rua Portugal, 43 Jardim Europa São Paulo. 01446-020

Serão usadas obras modernas e contemporâneas para guiar as reflexões. Segundo a artista, o objetivo é conhecer algumas das obras mais emblemáticas para discutir a representação e posição das artistas, a recepção crítica e o contexto social da atuação feminina na arte.Alguns dos tópicos a serem abordados são: a objetificação do corpo feminino, as transformações na abordagem sobre questões de gênero na arte, a visibilidade do trabalho de artistas mulheres.Thais Rivitti Atua como crítica de arte e curadora. Particularmente interessada na arte contemporânea brasileira, há seis anos dirige o espaço de arte independente Ateliê397, onde já realizou inúmeras exposições, cursos, debates e publicações. É formada em jornalismo (PUC – SP), Filosofia (USP) e mestre em Teoria, História e Crítica de Arte(USP). Editora de livros de artistas: “Beatriz Milhazes: pinturas, colagens” (2008), “Leda Catunda: 1983-2008” (2009), “Carmela Gross, Um corpo de ideias” (2011), “Fernando Zarif ”(2013), entre outros. Entre suas curadorias destacam-se: “Nino cais – Décor”, Galeria Virgílio, 2009, “Mônica Nador: Pintura de exteriores”, Pinacoteca do Estado de São Paulo, 2008; “Espaços Independentes: a alma é o segredo do negócio”, Funarte, 2012, “Rodrigo Braga:Tombo”, Casa França Brasil, Rio de Janeiro, 2015 e “Modos de ver o Brasil: Itaú Cultural 30 anos”, na Oca em 2017. Serviço:Arte-Papo com Thais RivittiData: 5 de maio – sábadoHorário: 14h às 15hGratuito30 vagasInscrição: http://emaklabin.org.br/Local: Fundação Ema KlabinEndereço: Rua Portugal, 43 Jardim Europa São Paulo. 01446-020

Local: Fundação Ema KlabinEndereço: Rua Portugal, 43 Jardim Europa São Paulo. 01446-020

Local: Fundação Ema KlabinEndereço: Rua Portugal, 43 Jardim Europa São Paulo. 01446-020

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Raphael Gomide
Fundador e Diretor Geral do ArteCult.com, Sócio-fundador e editor do QuadriMundi, ambos projetos da Webstaff, sua empresa que está sendo estruturada e que também gerencia outros portais como o BandasNovas, OlheiroMusical, Bullyng nas Escolas, Reação Adversa e CasarOnLine. Apaixonado pela sua família e pelas artes. No Facebook, administra vários grupos tais como Dicas de Filmes, Dicas de Livros, Dicas de Músicas , além das páginas Futuristiko (sócio-fundador), Infância80, Olheiro Musical, Bullying nas Escolas, Reação Adversa e Portal TEA - Autismo e Ativismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *