Lucas Gouvêa: Um ator em ascensão

Ator Lucas Gouvêa. Foto Rafael Aguiar.

O ano começou repleto de boas notícias para o ator Lucas Gouvêa. Em breve ele estará em cartaz no Festival de Berlim, na próxima novela Um Lugar ao Sol (TV Globo ) e em duas estreias de peças online.

Lucas faz parte do elenco de Os Últimos Dias de Gilda (dir. Gustavo Pizzi), primeira série brasileira selecionada pela mostra Berlinale Series (Festival de Berlim) – que começa no próximo dia 02Ele interpreta o personagem Inácio, um dos ‘namorados’ da protagonista Gilda (Karine Teles), braço direito em seu negócio e ogã do terreiro de Umbanda que ela frequenta (ele é um dos chefes do terreiro, puxa os pontos, canta e toca atabaque).

No dia 05, acontece a estreia do terceiro episódio do espetáculo online Anjo Negro (Nelson Rodrigues/ dir. Antônio Quinet), em que Lucas interpreta o cego Elias. As duas primeiras partes da peça online já foram assistidas por mais de 2.500 pessoas e sua atuação Lucas recebeu elogios de cineastas como Walter Carvalho, Murilo Salles e Sílvio Tendler (durante o bate-papo ocorrido no app Zoom logo após as exibições).

No mesmo dia 05, também estreia a segunda etapa do espetáculo online Dois Mundos, (dir. Felipe Vidal), inspirado no álbum DOIS da Legião Urbana. O ator interpreta diversos personagens. Na primeira etapa do espetáculo, ele contracenou com a atriz Carol Fazu e juntos fizeram um dueto da música Eduardo e Mônica (faixa título do episódio).

No início de Abril, o público poderá ver o ator na telinha. Ele gravou uma participação na próxima novela das 21h Um Lugar ao Sol (TV Globo/ dir. Maurício Farias) e  interpretou o personagem Ângelo, em uma divertida cena com Andrea BeltrãoDaniel Dantas e Larissa Vereza.

Para quem não conhece a trajetória do ator Lucas Gouvêa, ele tem cerca de 20 anos atuando nos palcos cariocas em grandes produções. Fez parte do elenco de longas como Benzinho e Riscado, (dir. Gustavo Pizzi), já participou de mais de 50 peças, dá aulas de Teatro no Colégio Liessen e foi indicado ao Prêmio Botequim Cultural 2017 como Melhor Ator Coadjuvante – pelo espetáculo Dançando no escuro (dir. Dani Barros).

 

* Série Os Últimos Dias de Gilda, disponível no GloboPlay

* Os 6 episódios da primeira parte do espetáculo Dois Mundos, exibido em 2020, estão disponíveis em www.youtube.com/complexoduplo

Lucas Gouvêa. Foto: Marcio Nunes.

Currículo resumido:

LUCAS GOUVÊA é ator e professor formado pela CAL e dá aulas de Teatro no Colégio Liessin. Atuou em inúmeros espetáculos, entre os quais  “As Criadas”(2004), “O que nos resta é o silêncio”(2006),  “Manifesto Ciborgue”(2008), “Amerika”(2012), “As horas entre nós”(2013) e “O animal que ronda” (2018) de Joelson Gusson. “Um quarto de Crime e Castigo”(1999) e “Amores” (2014) de Ivan Sugahara, “Sutura”(2009),“Rock’n’roll”(2009) , “Tentativas contra a vida dela” (2010), “Duplo Crimp” (2011),  “Depois da queda” (2012) e “Cabeça” (2016) de Felipe Vidal, “Ponto de fuga” (2010) de Rodrigo Nogueira, “A morte do pato” (2011) de Renato Carrera,  “Duas vezes um quarto” (2014) de Marcelo Pedreira, “Vulgar” (2015) de Miwá Yanagizawa,  “Dois amores e um bicho” (2017) de Daniele Farias,  “Dançando no escuro” (2017) de Dani Barros e “Por elas” de Silvia Monte. No cinema, atuou nos longas “Riscado” e “Benzinho” de Gustavo Pizzi, “Homem Livre” de Álvaro Furloni e “Regra 34” de Júlia Murat. Foi indicado ao Prêmio Botequim Cultural 2017 como Melhor Ator Coadjuvante pelo espetáculo “Dançando no escuro”, dirigido por Dani Barros.

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação ArteCult.com
Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *