A VAGAR: Single lançado por Laura Finocchiaro tem refrão muito atual com versos do poeta Jorge Salomão

 

 

“Não se pode perder a esperança / A solidão das grandes cidades / Imensa floresta de edifícios / Uns antenados; outros, não / Manhã, tarde, noite, eu a vagar, a vagar”.

Os versos do poeta Jorge Salomão não poderiam ser mais precisos para o momento que estamos vivendo. A cantora, compositora e produtora musical Laura Finocchiaro pertence ao grupo dos antenados, sintonizada no seu tempo, sincronizada com todos os seus tempos internos. Portanto, ela tratou de tomar para si os versos do já saudoso amigo, que morreu em março deste ano, e compôs a melodia para “A vagar”, que ela acaba de lançar nas plataformas digitais, com distribuição pela Tratore.

A parceria de Laura e Salomão expõe a fragilidade das pessoas nas grandes metrópoles, sozinhas, desvalidas e com uma crise de futuro: “Jorge, quase que intuitivamente, já percebia nossa imoralidade política, nossa necessidade de um projeto de humanidade mais justo”, lembra a cantora. “É um single para celebrar o poeta do futuro e do presente, que transborda poesia, traduz a humanidade e transgride padrões ao descrever o caos urbano e da sociedade individualista”, conclui.

O single fará parte de um novo álbum da cantora, com previsão de lançamento no segundo semestre. O novo projeto musical está sendo produzido em home studio, onde Laura assina a produção musical, além de escrever os arranjos, produzir as bases, cantar, tocar e gravar todos os instrumentos eletrônicos e acústicos.  “Ser artista independente no Brasil é uma forma de resistência. Não há políticas públicas que nos contemple”, destaca ela.

Sobre a produção do single

A capa do single foi criada e doada pela artista plástica Ana Durães, nascida em Diamantina, Minas Gerais, que mistura o pop com o barroco em sua obra com identidade própria, sempre ligada às questões sociais. “Ana Durães, traduz e transforma em obra de arte plástica, a canção que apresenta um ser sem rumo, em um país que tornou esse ser invisível pela brutalidade das cidades”, diz Laura.

A mixagem da faixa foi feita pelo carioca Francisco Patrício; e a masterização final, assinada por um dos mais conceituados masterizadores do Brasil, Carlos Freitas,  da Classic Master, agora sediada em Miami, nos Estados Unidos.

 

 

O videoclipe “A vagar”

Para esse projeto, foi produzido um videoclipe, realizado também de forma independente e de forma remota, que já está disponível nas redes sociais da artista. Seguindo as condições adversas do distanciamento social, Laura gravou todas as imagens em seu celular, reunindo fotos do poeta baiano, cedidas por diversos amigos. A edição e finalização do videoclipe é assinada pela produtora audiovisual e cultural Le Candee, situada na Cidade de Itaguaí, Rio de Janeiro, que valoriza artistas independentes com seus trabalhos autorais por meio de seus projetos Le Candee Sessions, no Youtube e evento Le Candee Sunset.

 

 

 

Um pouco mais sobre Laura Finocchiaro

Laura Finocchiaro. Foto: Marian Starosta

A gaúcha Laura Finocchiaro consagrou-se no mercado brasileiro por suas músicas eletrônicas e por projetos sonoros diversos, que abarcam desde o desafio de musicar mantras budistas até homenagear os ritmos do Nordeste. Em mais de três décadas de carreira, lançou trabalhos que espelham sua própria visão de mundo. Em sua obra, há canções compostas por ela em parceria com poetas e escritores de grande quilate, como Cazuza, em “Tudo é amor”; Caio Fernando Abreu em “Poltrona Verde”; e Christovam de Chevalier, em “Lua de janeiro”.

A obra de Laura Finocchiaro foi gravada por nomes de diferentes gerações, como Cazuza e Ney Matogrosso (“Tudo é amor”), Edson Cordeiro (“Amor de rua”, com Leca Machado), Vange Leonel (“Linha esticada”, dela e Cilmara Bedaque) e Chico Chico (“Olhos fechados”, parceria com Jorge Salomão).

Na cena musical brasileira, Laura Finocchiaro foi revelada no Rock In Rio II, em 1991, com sua canção “Gata da rua”, abrindo os shows de Prince e Santana. No pop, empunhando sua guitarra rosa, quebrou tabus por não se “render a um estilo” e elegeu bandeiras até então silenciadas no Brasil, como a defesa dos direitos LGBT.

A artista tem dez trabalhos produzidos de forma independente  (nove álbuns distribuídos pela Tratore e seu primeiro LP lançado pela BMG/Ariola em 1992), além de diversas faixas inseridas em mais de 50 coletâneas distribuídas por diversos selos, em plataformas nacionais e internacionais. Além de cantora, compositora e produtora musical, Laura Finocchiaro é arte-educadora e já se envolveu em dezenas de ações voluntárias, cantando e ministrando aulas em hospitais, escolas públicas e asilos.

Laura Finocchiaro. Foto: Marian Starosta

Sua versatilidade também está presente em trabalhos produzidos para várias emissoras de televisão. Ela compôs músicas para o programa infantil “TV Colosso”, exibido pela Globo nos anos 1990, além de ter assinado a produção musical de realities shows como “A Casa dos Artistas”/SBT e “A Fazenda” / TV Record. Assinou trilhas sonoras de novelas e outros produtos audiovisuais, revelando dezenas de artistas invisíveis ao mercado fonográfico. Faz trilhas originais para publicidade, teatro, novelas, desfiles de moda, cinema, documentários, vídeos institucionais e programas jornalísticos.

Mais novidades

Além de “A vagar”, Laura também está finalizando a música “Asfixia”, composta em parceria com o escritor e jornalista cearense Flávio Paiva. A balada punk foi criada para um projeto amplo de produção cultural que enfatiza obras sobre os efeitos da pandemia do novo coronavírus na sociedade.  No último dia 5 de maio, a faixa foi distribuída pelo selo Plural de Cultura em todas as plataformas digitais.

 

 

Links :

Links Extras:

 

 

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Redação ArteCult.com
Redação do Portal ArteCult.com.   Expediente: de Seg a Sex - Horário Comercial.   E-mail para Divulgação Artística: divulgacao@artecult.com.   Fundador e Editor Geral: Raphael Gomide.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *