Evento: Memórias do Sapateado do Samba na Casa Porto

No dia 28/5, na Casa Porto (RJ), acontecerá o evento MEMÓRIAS DO SAPATEADO DO SAMBA, uma roda de conversa e samba que tem como missão principal reexistir o SAPATEADO no ritual do sambista.

No mês de maio comemora-se o Dia Internacional do Sapateado, arte a qual foi mundialmente difundida pela indústria cinematográfica americana e seus musicais. Para muitos, a linguagem do sapateado é associada apenas à cultura estadunidense dos sapatos de couro com as sonoras chapinhas de metal no solado. Porém, existem diversificadas formas de se sapatear em diferentes culturas, como a do Samba Carioca por exemplo.

Foto: Sérgio Santoin

Desta maneira, o evento lança o sapateado como mote para despertar memórias sambísticas, históricas e sociais, trazendo um olhar crítico sobre aspectos que desvalorizam a cultura local do samba. Para tanto, será apresentado o vídeo Samba no Pé com argumento do sambista Elton Medeiros sobre a existência de um sapateado específico da cultura carioca do samba, e como o mesmo vem caindo no esquecimento das manifestações e imaginário popular.

Compondo a mesa da roda de conversas estarão: o acadêmico Zeca Ligiéro, coordenador do Núcleo de Estudos das Performances Afro-Ameríndias (NEEPA), da UNIRIO; o historiador Luiz Antônio Simas e Renato Barreto, Professor da UFRJ, especialista em cultura popular. A intermediação, já confirmada, será da P.H.D. em História Comparada Helena Teodoro.

No segundo momento do evento, acontecerá uma roda de samba conduzida pelo movimento Samba na Fonte onde serão apresentadas composições consagradas e autorais que dialogam com o tema SAPATEADO, além das canjas de Jongo, com Jéssica Castro, e o samba de côco, com Sônia Vasconcelos.

O projeto é totalmente auto sustentável, ou seja, não possui nenhum tipo de patrocínio, sendo uma produção da cantora, compositora e produtora Áurea Estela; da bailarina, compositora e atriz Munique Mattos; da cantora e compositora Márcia Lopes; da atriz, bailarina, instrumentista e palhaça Conceição Carlos; e, da atriz Fernanda Oliveira.

A investigação sobre o Sapateado do samba é uma idealização de Munique Mattos que teve início no projeto de extensão Comunidança da UFRJ, de onde gerou-se uma monografia intitulada “Dança Percussiva: movimento, som é brincadeira”. Posteriormente desdobrou-se nos processos criativos das companhias de dança integrou resultando em um DVD sobre as “Matrizes do Samba Carioca”, produzido pela companhia Arquitetura do Movimento. Atualmente, exalta a arte do Sapateado do samba através de composições musicais autorais e performances de sapateado.

Abaixo é possível conferir um pouco sobre a arte de Munique Mattos. Veja os vídeos!

 

 

 

 

 

 

 

Ficha Técnica:

Idealização: Munique Mattos

Produção: Munique Mattos; Áurea Estela; Conceição Carlos; Márcia Lopes e Fernanda Oliveira

Palestrantes: Luiz Antônio Simas, Zeca Ligiero, Renato Barreto e Munique Mattos.

Mediação: Helena Teodoro

Apoio: Samba na Fonte; Projeto Dançar te

Músicos: Pakato do Cavaco (voz); Altair Barbosa (pandeiro); Chambinho (TAN TAN); Bidú (percussão/ surdo); Iuri Bittar (Violão); Marquinhos Lima (Cavaco)

Filmagem: Favelab

Designer Gráfico: Suzane Nahas

Colaboradores: Samba na Fonte, Casa Porto, Pakato do Cavaco, Zeca Ligiero, Helena Teodoro, Aluísio Machado, Xmayakaka, Marinaldo, Carlinhos de Jesus, Alfredo Del-Penho, Cyro Novello, Steven Harper, Andrea Jabour, Heleonora Gabriel, Laís Bernardes, Jéssica Castro, Dilcéia Mattos, Jorge Luiz Borges Bastos, Favelab, Luiz Antônio Simas, Renato Barreto, Sônia Vasconcelos, Márcia Lopes, Conceição Carlos, Fernanda Oliveira, Suzane Nahas.

Serviço:

Memórias do Sapateado do Samba

Data: 28/05/2018

Horário: 19h

Ingresso: contribuição consciente

Local: Casa Porto – Largo São Francisco da Prainha – Saúde

Vagas limitadas.

Sujeito a disponibilidade do local

Confirmação e contato: sapateadodosamba@gmail.com

Site (Facebook): https://www.facebook.com/Sapateado-do-Samba-212670689494670/

Faça abaixo um comentário sobre este artigo. PARTICIPE!

Comentários (utilize sua conta no Facebook):

Powered by Facebook Comments

Author

Rafaeli Mattos
Mestre em Artes Visuais, com ênfase em dança – UFRJ (2013), Especialista em Estudos Contemporâneos em Dança –UFBA/FAV 2007 e Bacharel em Dança, Intérprete e Coreógrafa, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – 2006/1. Possui formação em jazz, ballet, ballet moderno – Horton, dança contemporânea, sapateado e canto popular. Qualificada Profissional da Dança, artista-dançarina sapateadora e Instrutora de Dança, seguimento sapateado, pelo SPDRJ, atua como professora de sapateado, jazz e balé desde 2007 em diversos espaços de dança do Rio de Janeiro. Integrou a Cia de Dança Contemporânea Helenita Sá Hearp – 2004/1 a 2005/1, Cia Étnica de Dança e Teatro – 2007 a 2008, Projeto Ateliê Coreográfico do Centro Laban RJ – 2008 a 2009, Projeto de residência internacional da coreógrafa Erica Essner (Erica Essner Performance CoOp) no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro 2007 e do grupo A.C.Ho com a performance Q _ _ _ _ _ , realizada no eventro Transperformance em 2011. Como cantora atuou na Cia Nós da Dança no espetáculo Bossanossa – 2009. Foi coreógrafa residente no Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro de julho de 2005 a julho de 2006, onde realizou seu primeiro trabalho autoral Chora Corpo Choro, composto pelos solos Rádio e Violão Mudo e pelo quarteto Choro na Feira. Seu segundo solo autoral Ah vai andas?! participou, em junho de 2012, em work in progress do evento Novíssimos da Ocupação Dança pra Cacilda. Em 2015 integrou o corpo de jurados dos festivais de dança Barra Dance e Barra Dance Kids. Sua oficina de Sapateado para Terceira Idade foi contemplada nos anos de 2014 e 2015 nos editais Viva a Cultura e Viva o Talento da secretaria de Cultura do RJ. Hoje atua como professora de balé e sapateado na ONG Projeto Dançarte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *